Sexta, 01, Julho, 2022
Esportes 8, janeiro, 2022

ANA CLARA: paixão e talento presentes na natação

thumb

Ela teve uma passagem inicial no esporte pelo judô, mas em pouco tempo a mudança aconteceu e veio dedicação e a paixão pela natação, onde hoje, aos 12 anos, começa a conquistar um espaço importante na modalidade, já com resultados importantes nas disputas interestaduais. Seu nome: Ana Clara Menezes Lucena, que integra a equipe da Acqua R1 e é aluna do 6° ano no HBE Colégio e Curso

Ana Clara é filha de Clécio Lucena de Farias e Carla Geordany Menezes Machado (agricultores) que são os maiores incentivadores da nadadora que começa a sonhar com grandes conquistas em nível nacional a partir de 2022.

Começo difícil

“Aos 6 anos de idade quebrei o fêmur, e fiquei seis meses em cima de uma cama sem poder me mexer. Quando retirei o gesso tive que fazer fisioterapia pra poder voltar a andar e para recuperar as forças das pernas tive que fazer natação. Com o passar do tempo, comecei a me destacar nas piscinas e recebi um convite para participar da equipe principal. E foi assim que comecei a gostar da natação”.

Primeiro clube

Foi na Vila Olímpica Ronaldo Marinho, hoje Vila Olímpica Parahyba, no Bairro dos Estados, que Ana Clara, com 8 anos, passou a se dedicar mais aos treinamentos e ganhar gosto na prática da natação. Seu primeiro técnico foi o professor José Fernandes, que apostou no talento da garota que mostrava ter objetivos e metas definidas para crescer no esporte e em particular na natação.

Técnico atual

No momento Ana Clara tem como técnico o professor Leonardo Cabral, que está apostando muito no crescimento da atleta a partir desse ano que está se iniciando com um calendário bem promissor, já que os problemas da pandemia do coronavírus começam a ser dizimados, o que tem facilitado a volta dos treinamentos específicos para o crescimento da jovem atleta.

Outro desafio

Além do foco no calendário da natação nas piscinas por esse Brasil afora, Ana Carla também está chegando com muito entusiasmo para as provas em mar aberto e se espelha muito em Ana Marcela, que está unindo forças no crescimento da modalidade, e é uma referência nacional e internacional após a conquista da medalha de ouro na prova dos 10 quilômetros da maratona aquática da Olimpíada de Tóquio (Japão). Ela venceu a prova com o tempo de 1h59min30s8.

Planos e sonho

Assim como atletas de uma maneira geral, Ana Carla também sonha em se tornar uma atleta olímpica. Por isso mesmo tem se empenhado muito nos treinamentos que são orientados pelo professor Leonardo Cabral. Em 2022 ela tem como foco principal bater recordes e alcançar índices para competições importantes que integram o calendário da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA).

Retrospectiva 2021

Norte Nordeste

1° lugar Campeonato FAN- RN

2° lugar Kako Caminha N/NE – Maceió

2° lugar 1,5km – Copa Brasil de Maratonas aquáticas-BA

1° lugar 5km – Copa Brasil de Maratonas -Inema -BA

1° lugar 2,5km – Copa Brasil de Maratonas -Inema – BA

1° lugar 700m – Travessia do Farol da Pedra Seca- Cabedelo

1° lugar no Campeonato Paraibano de Natação

1°lugar nos 50m peito melhor do top 10 Ranking Brasileiro- Regional Nordeste

3° lugar nos 200medley

Melhor no Top 10 Ranking Brasileiro – Regional Nordeste