Terça, 19, Outubro, 2021
Política 12, maio, 2021

Assembleia Legislativa realiza sessão especial em alusão ao Maio Amarelo

thumb

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) realizou, nesta terça-feira (11), uma Sessão Especial para debater o Movimento Maio Amarelo, que busca alertar a população para a educação no trânsito. O evento, realizado do forma remota, foi proposto pelo deputado Eduardo Carneiro e contou com a presença de autoridades e entidades ligadas à mobilidade urbana do Estado, além de representantes do Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV), idealizadores da campanha.

Segundo Eduardo Carneiro, o alto índice de mortos e feridos no trânsito é um assunto preocupante e deve ser debatido para chamar a atenção da sociedade. “Com esse debate estaremos sempre buscando resguardar a vida das pessoas, pois é papel da Assembleia discutir temas relevantes. Os acidentes são um grave problema de saúde pública e precisamos encontrar mecanismos para diminuir o número de mortes e feridos em decorrência deles”, destacou.

Para o deputado Taciano Diniz, o Movimento faz com que cada cidadão tenha o dever de atuar com o objetivo de reduzir o número de vítimas do trânsito. “O Maio Amarelo nos traz a conscientização do respeito. Temos presenciado muita falta de compreensão e essa campanha vem mais uma vez educar a nossa população, cuja primeira edição ocorreu em 2014. Foi instaurado com base em uma resolução da Assembleia-Geral das Nações Unidas que definiu o período entre 2011 e 2020 como a “Década de Ações para a Segurança no Trânsito”, disse.

O coordenador de Educação e Saúde para o Trânsito do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), Eduardo Valenga, disse que é importante que os municípios, os estados e o próprio Governo Federal se unam a favor de um trânsito seguro. “Com esforço mais concentrado, talvez de uma forma mais coordenada e com todo mundo no mesmo caminho, acho que a gente vai conseguir reduzir o número de mortes em 50%, como prevê a ONU, para essa década de 2021 a 2030”.

O superintendente da Semob de João Pessoa, George Morais, disse que o papel das autoridades públicas é de fundamental importância neste momento, como instigadores e criadores de possibilidades para estar sempre unidos discutindo as formas melhores de atingir esses objetivos. “No trânsito, a nossa responsabilidade é de salvar vidas. E nesse Maio Amarelo vamos praticar respeito e responsabilidade”, ressaltou.

O presidente do Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV), José Aurélio Ramalho, e a observadora do ONSV, Abimadabe Vieira, destacaram as ações do movimento. Eles exibiram um filme com o tema ‘Respeito e Responsabilidade’, narrado pelo ator Lima Duarte, que conscientiza a população. “Estivemos nessa sessão especial para debater o impacto que todas essas ações realizadas aqui na Paraíba trouxeram e dizer que elas permanecerão”, disse o presidente da ONSV.

O policial rodoviário Carlos André, superintendente da PRF na Paraíba, manifestou sua satisfação de ver o Legislativo Estadual abraçar essa pauta em favor do povo paraibano. “Os números no trânsito ainda são muito preocupantes. Ainda temos elevada quantidade de mortes e de acidentes e, infelizmente, muitas pessoas ocupando os leitos de hospitais que poderiam estar ocupados por pessoas sendo tratadas contra a Covd-19. Então, é importante não só que os órgãos se articulem. Mas, que direcionem suas ações, tanto para educação para o trânsito, quanto para fiscalização, porque essas duas colunas têm que andar lado a lado para que nós tenhamos resultados efetivos”, observou.

Fonte: ALPB

Foto: ALPB