sábado, 2 de março de 2024
Política 17, dezembro, 2023

Bruno encerra capítulo no PSD e chega ao União Brasil

thumb

Chega ao fim a saga do prefeito Bruno Cunha Lima em busca de um partido político rumo ao projeto de reeleição, quase dois anos após romper com o grupo Ribeiro. 

Neste domingo (17), ele se filia ao União Brasil, comandado pelo senador Efraim Morais, partido com espólio e fundo eleitoral para bancar uma campanha na segunda maior cidade da Paraíba.

Diga-se de passagem, Efraim também demarca território para as eleições de 2026. Uma candidatura ao governo não está completamente descartada e ter o partido no comando do segundo maior colégio eleitoral do estado é até estratégico.

Bruno enfrenta um cenário política conflitante para não dizer, desastroso. A insatisfação do principal cabo eleitoral de 2020, o ex-prefeito e deputado federal Romero Rodrigues, não pode, nem deve, ser desconsiderada.

Sem falar que o aliado de ontem pode ser o adversário de amanhã já que Romero tem sido tentado pelo Republicanos a entrar na disputa. Uma fonte contou ao BLOG que a candidatura pode até não sair, mas a aliança com Bruno não “se emenda” mais.

O prefeito ratava filiado ao PSD, comandado pela senadora Daniella Ribeiro e com quem, vez ou outra, trica farpas públicas.

A saída começou a ser desenhada nas eleições de 2020 quando Romero foi destituído do comando pela Nacional e com a indicação do então vice-prefeito Lucas Ribeiro a vice na chapa à reeleição do governador João Azevêdo.

A experiência política de Efraim pode fazer a diferença na condução de mais esse capítulo na vida político do prefeito Bruno Cunha Lima.

Fonte – Blog Sony Lacerda