sábado, 25 de maio de 2024
Educação 24, outubro, 2023

Data de aplicação de provas do Sistema de Avaliação da Educação Básica é alterada pelo MEC

thumb

As datas de aplicação das provas do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) na Paraíba foram alteradas pelo Ministério da Educação (MEC). O Saeb agora será realizado entre os dias 30 de outubro e 17 de novembro, nos 223 municípios paraibanos. É por meio dos resultados alcançados pelos estudantes nessas avaliações que é definido o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), que é o principal instrumento usado em todo o país como monitoramento e aprimoramento das políticas educacionais, sobretudo para definir a qualidade da educação praticada nos estados brasileiros.

A mudança foi oficializada em Portaria publicada na edição extra do Diário Oficial da União (DOU) da última sexta-feira (20). O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) repactuou o cronograma do Saeb a fim de atender às demandas logísticas direcionadas a cada unidade da Federação. De acordo com a Secretaria Estadual de Educação (SEE-PB), a estimativa é de que mais de 10 mil turmas de alunos, entre escolas públicas e privadas, participem da avaliação do Saeb.

As provas são aplicadas entre estudantes do 2º, 5º e 9º ano do Ensino Fundamental, e da 3ª e 4ª séries do Ensino Médio integrado a cursos técnicos, por aplicadores externos. Para os alunos do 2º ano, são aplicadas provas de Língua Portuguesa e Matemática. No 5º e 9º ano do Ensino Fundamental e na 3ª e 4ª série do Ensino Médio, participam quase todas as escolas públicas. Entre as escolas particulares, apenas algumas são sorteadas. Os estudantes fazem provas de Língua Portuguesa e Matemática, com o mesmo conteúdo das edições anteriores do Saeb. Algumas escolas públicas e particulares do 5º e do 9º ano do ensino fundamental também serão sorteadas para fazer testes de ciências da natureza e ciências humanas. O conteúdo já é o da BNCC.

Por meio de testes e questionários aplicados a cada dois anos na rede pública, o Saeb reflete os níveis de aprendizagem demonstrados pelos estudantes avaliados, explicando esses resultados a partir de uma série de informações contextuais. O Saeb permite que as escolas e as redes municipais e estaduais de ensino avaliem a qualidade da educação oferecida aos estudantes.

Na semana passada, o Governo do Estado da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Educação (SEE-PB) finalizou a aplicação do Sistema de Avaliação da Educação Básica da Paraíba (Siave), que tem por objetivo de identificar os desafios enfrentados pelos estudantes nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática. A intenção foi aprofundar o entendimento do nível acadêmico dos alunos nesses componentes curriculares e buscar estratégias para melhorar os índices do Ideb. No total, mais de 100 mil estudantes de 1700 escolas, entre 2º, 5º e 9º ano, participaram desta etapa do Siave.

Sobre o Saeb – O Saeb surgiu em 1990 e tem como foco a educação básica, que é composta por educação infantil, ensino fundamental e ensino médio. Ele foi feito para avaliar a qualidade da educação, saber se todos têm condições iguais de acesso à escola e de permanência nela, e investigar a qualidade do ensino no país; e para fornecer dados e evidências para que o governo crie políticas públicas a fim de melhorar a educação.

Neste ano, o Saeb conta com uma novidade. Todos os professores com turmas no Saeb 2023 devem responder aos questionários eletrônicos nesta edição. Até 2021, a aplicação eletrônica era realizada somente para secretários municipais de educação, diretores escolares e docentes da educação infantil. Com a mudança, os docentes de todas as turmas avaliadas responderão aos questionários, tanto nas aplicações censitárias, quanto nas amostrais. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) iniciou o envio dos links para o preenchimento dos questionários. O prazo para responder vai até 17 de novembro. A Fundação Cesgranrio, empresa contratada pelo Inep para aplicar os testes cognitivos do Saeb 2023, também já começou o agendamento das aplicações das provas nas escolas. Os professores irão fornecer informações sobre formação docente, experiência profissional, condições de trabalho, dificuldades de aprendizagem dos alunos, violência no ambiente escolar, recursos didáticos e práticas pedagógicas desenvolvidas na escola.

Além das provas, o Saeb apura uma série de informações relacionadas à qualidade da educação básica. Isso é feito por meio dos questionários eletrônicos, que contemplam o atendimento escolar; ensino e aprendizagem; investimento; profissionais da educação; gestão; equidade; cidadania, direitos humanos e valores. O Inep iniciou, em setembro, o envio dos links para o preenchimento. O prazo para responder também se encerra em 17 de novembro.