quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024
Política 11, agosto, 2023

Deputado Wilson Santiago solicita duplicação da BR-104 ao DNIT

thumb

O deputado federal Wilson Santiago (Republicanos) participou, nesta quinta-feira (10), de uma audiência com o diretor-geral do DNIT, Fabrício Galvão, para discutir sobre os trabalhos do projeto executivo das obras da BR-434, no Alto Sertão paraibano, e a duplicação da BR-104, trecho que liga as cidades de Campina Grande e Queimadas.

Para o deputado Wilson Santiago, a BR–434 contribui para o desenvolvimento econômico local e será um benefício para a população de todo o Alto Sertão.

“Agradeço ao Dr. Fabrício e ao Ministério dos Transportes na execução deste projeto. A obra vai fortalecer o potencial desenvolvimento da região, pois é de significativa importância e irá melhorar a vida das pessoas, o transporte de passageiros e cargas neste percurso”, destacou deputado Wilson.

O diretor-geral do DNIT, Fabrício Galvão, assegurou que a pavimentação da BR-434 faz parte das prioridades na região.

“A obra é uma das prioridades. Logo quando chegar o edital, a gente vai realizar o projeto executivo e a questão do licenciamento que também é importante, para que no próximo ano a gente já tenha essa obra de pavimentação sendo realizada”, assegurou.

O projeto executivo de engenharia estabelece a implantação da continuidade das obras da BR-434, no trecho que vai ligar a cidade de Poço Dantas à divisa com o Estado do Ceará, nas imediações dos Distritos de São João Bosco e Distrito de Tanques.

Obras da BR -104 – Outra questão colocada em pauta na reunião pelo deputado Wilson Santiago foi a solicitação de uma frente de trabalho na BR-104, no trecho de 12 km, que liga os municípios de Campina Grande e Queimadas. Segundo ele, a duplicação do trecho é uma forma de acelerar e desafogar os longos engarrafamentos na área.

“É de suma importância iniciar uma frente neste trecho, pois vai diminuir o congestionamento que tem prejudicado e atrapalhado muito a vida das pessoas que transitam por ali todos os dias”, explicou Santiago.

O diretor do DNIT, Fabrício Galvão concordou que será importante alocar uma frente neste percurso, pois evitaria mais transtornos.

“A gente sabe que neste trecho realmente é um gargalo. Vamos colocar prioridade, pois a pavimentação nesse trecho da rodovia vai permitir descongestionar o fluxo de veículos e realizar logo esta duplicação”, afirmou o diretor.

Fonte – Blog SonyLacerda