domingo, 25 de fevereiro de 2024
Política 26, janeiro, 2024

Em Patos, Prefeitura investiga rombo de R$ 20 mi nos cofres

thumb

O prefeito de Patos, Nabor Wanderley (Republicanos), determinou a abertura de procedimento administrativo investigatório para apurar suposto desvio de dinheiro no pagamento de impostos municipais.

Em entrevista à imprensa, Nabor afirmou que rombo nos cofres pode passar dos R$ 20 milhões. Ele não disse qual o período de tempo pode ter ocorrido os desvios.

São 17.144 negócios (atos administrativo-tributários) sob suspeição de vício (corrupção). Em dezembro do ano passado, o Diário Oficial de Patos publicou edital notificando contribuintes a apresentar prova de quitação do respectivo tributo, ou efetuar o recolhimento do imposto ou tributo (ITBI, TCR, IPTU, Habite-se, Alvará de Construção e ISS).

Em janeiro deste ano, o secretário de Administração e Receita Tributária do município, Antônio Marcos Honório de Oliveira, determinou o afastamento cautelar do servidor efetivo do Fisco Municipal, Mirellio Alves de Almeida, por 90 dias.

Antes, em outubro passado, Mirellio havia sido exonerado do cargo de secretário da Receita Tributária Municipal.

De acordo com a investigação em andamento, os pagamentos dos impostos não estariam entrando nos cofres da Prefeitura. O objetivo agora é saber se há envolvimento de servidores, corretores de imóveis e até mesmo de vereadores.

Na prática, os tributos eram pagos, as certidões de quitação emitidas, mas o dinheiro ficava “no meio do caminho”.

Em entrevista, Nabor Wanderley afirmou ainda que não existe acobertamento e quer que os fatos sejam esclarecidos para que sejam tomadas as medidas cabíveis.

A investigação está a cargo da Comissão de Procedimento Administrativo Disciplinar Especial. procedimento administrativo investigatório ocorre em sigilo fiscal, porém o prefeito Nabor Wanderley determinou apuração rígida e responsabilização dos envolvidos uma vez confirmada irregularidade.

Fonte – Blog Sony Lacerda