Sexta, 15, Janeiro, 2021
banner
Esportes 3, janeiro, 2021

Evaristo Piza torce pela reorganização do Botafogo-PB e não renova o seu contrato

thumb

Final infeliz. Aquele amor declarado pelo técnico Evaristo Piza para comandar o Botafogo-PB na reta final da Série C do Brasileiro e em dois jogos da Copa do Nordeste, chegou ao fim. Como o presidente Alexandre Cavalcanti decidiu pela contenção de gastos em 2021, Evaristo Piza não concordou com a nova proposta do clube e decidiu não retornar para João Pessoa neste início de temporada, conforme era seu desejo e da diretoria.

“Entendo a situação financeira do clube e espero que o Botafogo consiga se reorganizar”. A declaração de Evaristo Piza ao portal futebolinterior mostra que a proposta oferecida pelo Botafogo-PB -valores não revelados – para ele voltar em 2021 não correspondeu as suas expectativas e vai de encontro aos seus planos, já que ao término da fase preliminar da Copa do Nordeste, manifestou desejo em voltar ao clube em função da boa relação com a diretoria e com os torcedores.

Ao retornar para o Botafogo-PB na reta final da primeira fase da Série C do Campeonato Brasileiro, o time ainda tinha chances de classificação para a fase seguinte, mas não conseguiu. Depois a briga foi para não ser rebaixado e ele atingiu o objetivo. Depois veio a fase preliminar da Copa do Nordeste e Evaristo Piza classificou o time para a fase de grupos, com uma vitória e um empate contra o Atlético de Alagoinhas-BA.

A partir de hoje, o presidente Alexandre Cavalcanti, que ainda não se pronunciou oficialmente sobre a desistência de Evaristo Piza, vai cair em campo para tentar um novo treinador, que deverá figurar na nova proposta financeira do clube, que pretende reduzir em 50% a folha de pagamento do fim do ano passado estimada em R$ 330 mil.

Compartilhe:
banner