sexta-feira, 19 de abril de 2024
Política 25, junho, 2023

Fábio Ramalho: assédio a Romero Rodrigues é falta de nome da oposição

thumb

O deputado estadual Fábio Ramalho (PSDB) chamou de “assédio político” os reiterados convites do presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino, para que o deputado federal Romero Rodrigues se filie ao Republicanos.

Em entrevista no Parque do Povo, Fábio afirmou que o assédio nada mais é do que uma demonstração de que a oposição, em Campina Grande, não teria nomes para disputar a prefeitura. 

“A visão de Adriano não é 2024, é 2026”, afirmou. Galdino tem dito do desejo de disputar uma candidatura majoritária nas próximas eleições estaduais.

Uma possível ida de Romero para o Republicanos representaria o rompimento com o prefeito Bruno Cunha Lima (PSD).

Ramalho garante que, apesar da insistência de Adriano em ter Romero no Republicanos, 

não haveria motivos, e nem vontade, por parte do ex-prefeito de Campina em deixar o Podemos. 

“Adriano, como um grande político, joga um pouquinho de fogo em Campina, até porque ele também gosta de Campina, tem uma grande base na cidade, mas a palavra de Romero é de que não sairá do Podemos. Claro que não só o Republicanos, o PSDB ou qualquer partido tem o desejo de ter um político com a amplitude de Romero nos seus quadros”, afirmou.

Fonte – Blog Sony Lacerda