Terça, 30, Novembro, 2021
Geral 14, abril, 2021

Funjope conclui pagamento de projetos contemplados pela Lei Aldir Blanc

thumb

A Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) realizou, nesta terça-feira (13), o pagamento de 55 projetos contemplados pela Lei Aldir Blanc. O recurso corresponde à sétima parcela do auxílio e envolve cerca de R$ 211 mil. Com esta ação, foram concluídos os pagamentos relativos à Lei na Capital paraibana.

O diretor-presidente da Funjope, Marcus Alves, destacou que a Fundação está trabalhando para agilizar e liberar o mais rápido possível todo e qualquer benefício que possa contribuir diretamente com os artistas e associações culturais afetados pela pandemia da covid-19.

“Esses últimos pagamentos são parte desse trabalho e da responsabilidade que a Prefeitura tem no sentido de fazer cumprir não apenas o que manda a lei, os projetos e todos os procedimentos administrativos, mas também mostrar que estamos num esforço intenso de cuidar da comunidade artística e cultural”, acrescentou.

Desta forma, segundo Marcus Alves, é possível fazer circular o recurso na cidade de João Pessoa e também beneficiar os artistas, profissionais da cultura com os recursos da Lei Aldir Blanc, fechando, agora, esse trâmite.

Ao todo, a Prefeitura de João Pessoa recebeu, do governo federal, o volume de R$5.651.937,87 para investir em 4 editais nos quais foram selecionados 378 projetos. Sancionada em junho de 2020, a Lei garantiu uma renda emergencial a profissionais do setor cultural que, praticamente, pararam suas atividades em razão da pandemia.

Entre os projetos que receberam o crédito em conta estão a Associação de Mulheres da Comunidade Porto do Capim, Brasilisco Produções, Aldeias Infantis SOS do Brasil, Associação Cultural Omdeyin, Coletivo de Teatro Alfenim, Centro Cultural Piollin, Associação Comunitária Agrícola de Mussumagro e Maracá Cidadania.

No Brasil, a Lei Aldir Blanc destinou R$ 3 bilhões ao setor como renda emergencial, subsídio mensal para manutenção de espaços e para editais e chamadas públicas, alcançando cerca de 700 mil trabalhadores.

Fonte: SECOM/JP

Foto: SECOM/JP