sábado, 22 de junho de 2024
Geral 12, outubro, 2023

Hospital Metropolitano promove ações de humanização na Semana da Criança

thumb

Aprogramação da Semana da Criança do Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires deste ano iniciou nessa terça-feira (10) e segue até o próximo sábado (14). Os pequenos pacientes internos na instituição ou atendidos pelo ambulatório da unidade, já se divertiram com apresentações teatrais, desfrutaram de pinturas faciais, receberam presentes e cadernos para colorir, sendo estes, apenas os dois primeiros dias de atividades. O Metropolitano pertence à rede de saúde do Governo da Paraíba.

Na manhã desta quarta-feira (11), o pequeno Anthony Leandro, 3 anos, até acordou chateado, mas logo a irritação deu lugar às gargalhas e ao sorriso largo, durante a apresentação de fantoches, com o espetáculo “Jururu vai ao médico”, apresentado na brinquedoteca do Hospital. Seguindo rigorosamente o tratamento passado pelo doutor Melhoril, o paciente prometeu que vai se divertir muito durante as comemorações do Dia das Crianças na unidade.

Atento à história do sapo Jururu, Anthony interagiu o tempo todo e até analisou a performance da equipe, que estava por trás dos personagens e atua diariamente nos setores de Psicologia e Psicopedagogia da instituição. A coordenadora de Psicologia, Vaneide Delmiro, interpretou o “Sapo Jururu”; João Miranda, psicólogo residente do Programa de Residência integrada multiprofissional em saúde hospitalar (Rimush), foi o doutor Melhoril; já a psicóloga Ádria Melo deu vida à mãe do Jururu; e toda narrativa ficou por conta da psicopedagoga Janielly Fernandes. “Foi legal. Eu gostei do sapo, porque ele pula, e de toda a turma também”, comentou o pequeno.

E teve ainda a festa da fazendinha, que ocorreu no período da tarde regada a muitos sorrisos. Com músicas, danças, distribuição de presentes, lancheirinhas preparadas respeitando a dieta de cada criança, o momento, segundo a diretora hospitalar Loise Nathalie, foi de renovação para todos os participantes. “A gente entrega pouco diante do que recebemos de volta. É um abraço, um sorriso, o carinho sincero que apenas uma criança pode nos proporcionar”, ressaltou a gestora.

Para Iara Olinto dos Santos, mãe da paciente Beatriz Olinto, 7 anos, interna para tratamento cardíaco, a festa teve um gostinho ainda mais especial, pois havia recebido a notícia mais aguardada dos últimos dias, a alta hospitalar. “Meu coração está tão feliz e grato, pois estamos voltando hoje para casa. Somos de Patos, e foram muitos dias longe. Mas aqui nunca foi negado nada para minha filha, nem para mim. Recebemos mais que atenção médica, recebemos carinho, amor, o cuidado foi completo”, discorreu a mãe.
Nesta quinta-feira (12), Dia Nacional das Crianças, a unidade receberá o grupo Sorriso Aberto, que se apresentará na UTI pediátrica, pelo segundo ano consecutivo. Já na sexta-feira (13), terá musicoterapia com a equipe de Capelania Infantil, e encerrando a programação, no sábado (14), ocorrerá exercícios de Arteterapia, que potencializam a criatividade e permitem a expressão de pensamentos e sentimentos das crianças.

Ainda de acordo com a integrante da Comissão de Humanização e coordenadora de comunicação, Mayara Dantas, toda a programação foi elaborada de acordo com os preceitos da Política de Humanização Hospitalar, preconizada pelo Sistema Único de Saúde (SUS). “Nós consideramos que saúde não se limita a ausência de doença, mas o bem-estar físico, mental e social dos assistidos também são considerados. Nosso desejo enquanto profissional é que momentos corroborem para a cura das crianças e que elas possam ter boas memórias, apesar de estar em um hospital”, concluiu.

Fonte – SECOM-PB