Segunda, 06, Dezembro, 2021
Saúde 7, junho, 2021

João Azevêdo acompanha início das obras de construção da primeira oficina ortopédica da Paraíba

thumb

Ogovernador João Azevêdo esteve, nesta segunda-feira (7), na Fundação Centro Integrado de Apoio ao Portador de Deficiência (Funad), em João Pessoa, onde acompanhou o início da construção da primeira oficina ortopédica da Paraíba. A obra receberá recursos superiores a R$ 765 mil e deverá ser entregue à população até janeiro do próximo ano. O local irá disponibilizar serviços de confecção, adaptação e manutenção de órteses e próteses, beneficiando pessoas com deficiência física que também serão assistidas por profissionais responsáveis pela avaliação e prescrição do dispositivo mais seguro e eficiente para cada cidadão.

Na ocasião, o governador João Azevêdo ressaltou o esforço da gestão estadual para ampliar e modernizar os serviços voltados para as pessoas com deficiência. “A Paraíba tem desenvolvido uma série de ações com o objetivo de dar apoio e suporte às pessoas com deficiência e essa é uma ação de extrema importância e a nossa intenção é de implantar uma unidade como essa em Sousa para facilitar a vida das pessoas que precisam de um equipamento para ter melhoria na qualidade de vida. A partir da implantação da oficina, teremos o apoio para o suporte e manutenção e, ao mesmo tempo, um espaço de pesquisa e desenvolvimento de novos equipamentos em parcerias que buscaremos com a Universidade Estadual da Paraíba, a Secretaria de Educação e Fapesq”, frisou.

O secretário de Estado da Saúde, Geraldo Medeiros, destacou a atuação do Governo do Estado para garantir o acesso da população aos serviços de reabilitação. “Em nosso país, 20% da população tem alguma deficiência física e atitudes como essa visam propiciar e agilizar a oferta e manutenção de órteses e próteses e permitir, principalmente, à população usuária do SUS acesso a esses equipamentos, trazendo um benefício muito grande à sociedade paraibana. Nós temos um espaço da Funad em Campina Grande, teremos um em Sousa e buscamos uma ampliação dos serviços para todas as macrorregiões do estado para que não haja necessidade de um paraibano se deslocar até 500 km para ter acesso ao atendimento”, falou.

A presidente da Funad, Simone Jordão, evidenciou o uso da tecnologia para dar autonomia e facilitar o acesso das pessoas com deficiência ao mercado de trabalho. “Esse é um momento histórico, temos poucas oficinas ortopédicas no Nordeste e a Paraíba tem a segunda maior população com deficiência do Brasil. Temos uma série de equipamentos que são importantes para essas pessoas e vamos ter uma equipe integrada trabalhando com esse público e prescrevendo essas próteses e órteses, fazendo também a adaptação desse material, a exemplo das cadeiras de roda. O cidadão também será acompanhado porque esse serviço da Secretaria de Saúde será integrado ao nosso trabalho de reabilitação, representando uma ação muito grande e inovadora no nosso estado”, comentou.

A oficina ortopédica da Paraíba contará com sala de espera/recepção, administração, sala de molde coletes e próteses, terapia ocupacional, consultório, sala de tapeçaria/costura, sala de gesso, sala de prova, sala de treinamento de marcha, sala de molde de gesso, sala de modelagem e confecção, sala de máquina, vestiários masculino e feminino, almoxarifado, fraldário, banheiro acessível masculino e feminino, em uma área de construção de 489,70m².

A visita técnica foi acompanhada pelos secretários executivos da Saúde, Daniel Beltrammi e Renata Nóbrega, pelo secretário chefe do Governo, Ronaldo Guerra, e pela superintendente da Suplan, Simone Guimarães.

Fonte – SECOM-PB