terça-feira, 16 de agosto de 2022
Política 2, maio, 2022

João Azevêdo assina protocolo de intenções para instalação de nova unidade da AeC com geração de 3 mil empregos

thumb

O governador João Azevêdo assinou, nesta segunda-feira (2), no Palácio da Redenção, em João Pessoa, o protocolo de intenções para a instalação de uma nova unidade da AeC na Capital. O empreendimento, que funcionará na Avenida Hilton Souto Maior, em Mangabeira, receberá um investimento de R$ 40 milhões e irá gerar 3.000 novos empregos, priorizando a contratação de mão de obra local. 

A nova Unidade de Teleatendimento (SITE) Cássio Rocha Azevedo, nome em homenagem a um dos fundadores da empresa que faleceu ano passado, será construída em uma área de aproximadamente 10.100 metros quadrados.  

Na ocasião, o chefe do Executivo ressaltou a capacidade do estado de gerar um ambiente favorável para a geração de emprego e atração de novos empreendimentos. “A Paraíba tem se consolidado pela nossa eficiência fiscal e financeira, sendo reconhecida nacional e internacionalmente, e gerando saldos positivos de empregos, mês a mês, apesar de enfrentarmos a pandemia da Covid-19, o que atesta o esforço do governo para atrair novas empresas, com incrementos importantes nos segmentos da indústria e de serviços e esses novos empreendimentos fazem com que a Paraíba se mantenha nesse patamar de destaque no Brasil”, frisou. 

O diretor presidente da Companhia de Desenvolvimento da Paraíba (Cinep), Rômulo Polari Filho, destacou o comportamento diferenciado do estado no indicador de geração de emprego em relação ao país. “Em 2021, geramos mais de 177 mil empregos, com um saldo positivo de 33 mil vagas, sendo o maior dos últimos 25 anos, o que é reflexo da ambiência de negócios, da saúde financeira, de uma gestão técnica e da segurança jurídica, fazendo com que vários grupos tenham interesse de vir para o estado, culminando com essa ação de hoje com essa atividade de telemarketing que já é muito forte no estado, agregando qualificação à mão de obra, o que melhora a remuneração do empregado”, pontuou.

O prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena, evidenciou a importância da parceria entre as gestões estadual e municipal para garantir novos investimentos. “Com essas ações, nós estamos melhorando a qualidade de vida das pessoas que estão tendo acesso a novas oportunidades, tornando João Pessoa e a Paraíba um case de sucesso, garantindo inclusão, resultante da vontade, desejo e determinação para que mais empregos sejam gerados e desafios sejam vencidos”, disse.

O diretor presidente da AeC, Raphael Dualibi, destacou o crescimento da empresa no estado e a prioridade na contratação de mulheres e jovens, oferecendo a oportunidade ao primeiro emprego. “A Paraíba é o estado onde a empresa tem o maior número de colaboradores e tomamos a decisão de crescer ainda mais aqui pela capacidade, formação do povo paraibano e acolhimento dado às mais de 10 milhões de interações que temos por mês com clientes finais. Nós dobramos de tamanho no estado nos últimos dois anos, saindo de quase 6 mil para 12 mil colaboradores e queremos manter esse ritmo a partir do novo equipamento que será entregue, evidenciando que mais da metade do nosso time são de pessoas com menos de 24 anos que vão se desenvolver e crescer na empresa e temos mais de 2.300 mães apenas na AeC da Paraíba, gerando oportunidades diversas e inclusivas”, explicou. 

A empresa – Presente no mercado de relacionamento com clientes há 30 anos, a AeC atende mais de 80 empresas de diversos setores, como nativos digitais, fintechs, bancos, telecomunicações, serviços, varejo, seguros, energia e saúde. 

Atualmente, a empresa possui mais de 40 mil colaboradores em 17 sites presentes em 11 municípios brasileiros. Na Paraíba, a empresa atua há dez anos e possui duas unidades, uma em Campina Grande e outra em João Pessoa. Nelas, o grupo já conta com aproximadamente 12 mil colaboradores, o que equivale a 30% de cont­ratados da empresa por todo o país. A empresa injetou mais de R$ 1 bilhão na economia local em uma década, sendo R$ 150 milhões apenas no ano passado.

Fonte: SECOM/PB

Foto: SECOM/PB