quinta-feira, 18 de agosto de 2022
Política 11, julho, 2022

João Azevêdo diz que não há democracia sem respeito, ao lamentar morte de guarda civil

thumb

O governador João Azevêdo (PSB) lamentou o assassinato do guarda civil em Foz do Iguaçu, Marcelo Arruda. “Mais um episódio aonde vemos o ódio descabido provocar perdas irreparáveis. Continuo afirmando que o melhor caminho é o diálogo. Não há democracia se não houver respeito aos que pensam diferente de nós”.

“Não há nada que justifique a violência. Situações como essas não podem se repetir e nem ficarem impunes. Todos devemos fazer a nossa parte para evitar que a intolerância política vença”, escreveu o gestor no Twitter.

Fonte – Blog Sony Lacerda