domingo, 25 de fevereiro de 2024
Política 3, fevereiro, 2024

João recebe lideranças e sela união das oposições de Cajazeiras

thumb

O governador João Azevêdo (PSB) se reuniu, nesta sexta-feira (2), com lideranças políticas de Cajazeiras e selou a união das oposições no município. Com isso, o socialista afasta de vez a tese de “neutralidade” defendida pelo deputado Júnior Araújo, que apoia a situação.

Em reunião com o deputado estadual Chico Mendes (PSB), com o médico Pablo Marçal (sem partido), ambos pré-candidatos a prefeito do município, além do ex-prefeito Léo Abreu, o presidente da Câmara, Heriberto Maciel, vereadores, ex-auxiliares da atual gestão e lideranças do PSB, PMN, PP, Rede e PSDB, ficou definido que o grupo marchará unido, em torno de uma candidatura única, nas eleições.

João Azevêdo afirmou que o PSB avaliza essa união que representa um momento importante para tornar Cajazeiras uma cidade mais próspera e que receberá ainda mais investimentos do governo do Estado.

“Essa é uma decisão construída com muito diálogo, ouvindo todas as lideranças que vão construir uma proposta para a cidade. Podem ter a certeza que teremos uma candidatura forte e vitoriosa”, ressaltou o governador.

Chico Mendes disse que sob a liderança do governador e fruto desse gesto de grandeza das lideranças de oposição, “construiremos uma Cajazeiras melhor, com mais oportunidades para seu povo e preparada para o futuro. Vamos eleger um prefeito que queira o bem de Cajazeiras e que tenha compromisso com o povo da cidade”.

O médico Pablo Leitão ressaltou a importância da liderança do governador João Azevêdo, que reflete numa aprovação superior a 75% entre os Cajazeirenses.

“Estamos aqui unindo forças, pensando na melhoria da qualidade de vida do nosso povo e no bem de Cajazeiras. Vamos estar juntos com Chico Mendes, com Léo Abreu, João Azevêdo e demais lideranças para uma campanha histórica e vitoriosa”.

Léo Abreu, ex-prefeito de Cajazeiras, ressaltou que a população está preocupada com quem vai administrar Cajazeiras e cuidar do destino de uma cidade tão importante, e que não pode ficar refém de políticos que até pouco tempo se digladiavam e agem por interesses particulares. “Teremos uma oposição forte e unida”, completou.

Também participaram da reunião com o governador João Azevêdo o presidente da Câmara Municipal de Cajazeiras, Heriberto Maciel, a vereadora Luzia Trajano, Waldemar Carolino, dirigentes partidários, suplentes de vereadores e ex-secretários da prefeitura de Cajazeiras que entregaram seus cargos recentemente.

Fonte – Blog Sony Lacerda