Domingo, 07, Agosto, 2022
Geral 8, julho, 2022

Morre em João Pessoa, o jornalista João Manoel de Carvalho aos 87 anos

thumb

Morreu no início da tarde desta sexta-feira (8), no Hospital da Unimed, o jornalista João Manoel de Carvalho, de 87 anos, fundador do jornal Contraponto. João Manoel sofria do Mal de Alzheimer e contraiu Covid-19, o que agravou o estado clínico. Ele estava internado há um mês.

João Manoel de Carvalho nasceu em João Pessoa, estudou no Lyceu Paraibano e depois foi aprovado para o curso de Direito na UFPB, cursando na Faculdade de Direito na Praça João Pessoa.

A convite de José Souto, passou a escrever no jornal O Norte em 1957, na editorial Geral. Depois, passou à cobertura política da Assembleia Legislativa no tempo de José Fernandes de Lima, Pedro Gondim e Osmar de Aquino.

“Escrever no jornal é uma forma de realização pessoal. Além de dizer o que quer, isso lhe projeta, afaga muito o ego, apesar de o salário de jornalista ser indigno”, disse ele numa entrevista para Ademilson José na TV Câmara, onde contou que passou de redator a colunista de jornal. João foi, ainda presidente do Sindicato dos Jornalistas da Paraíba.

Ao ser perguntado como era ser empresário da comunicação, ele respondeu: “Empresário eu nunca fui e jamais seria. Eu não entro em nada para ganhar dinheiro. Eu entro por amor e pelo idealismo. Isso não é autoelogio, mas meu temperamento e minha vida têm sido assim”. Mas, de fato, no fim  da década de 70, ele foi sócio do Correio da Paraíba.

O corpo do jornalista deve ser cremado neste sábado (9), mas até as 16h30 ainda não haviam sido definidos os ritos de despedida.

FonteParlamento PB