c João Pessoa
27/10/2020 - 09:21

Governo institui e organiza ações alusivas ao Ano Cultural Mestre Sivuca

image
Governo do Estado da Paraíba publicou decreto no Diário Oficial do Estado no último sábado (15) que estabelece 2020 como o ‘Ano Cultural Mestre Sivuca’, a ser celebrado em comemoração ao aniversário do compositor, arranjador e mestre da sanfona, Severino Dias de Oliveira, o Sivuca, que completaria 90 anos em maio deste ano. De acordo com o decreto assinado pelo governador João Azevedo, a Secretaria de Estado da Educação e da Ciência e Tecnologia deverá realizar atividades culturais e socioesportivas no âmbito escolar.

O objetivo das ações é mobilizar alunos, professores, servidores e a comunidade circunvizinha da escola em homenagens e produções culturais acerca da vida e obra do Mestre Sivuca. O secretário de Estado da Educação e da Ciência e Tecnologia, Cláudio Furtado, comentou sobre as ações que serão desenvolvidas pela pasta. “A Educação pretende voltar todas as atividades a serem desenvolvidas nas escolas à temáticas alusivas ao Ano Cultural Sivuca. Ele foi um artista que tanto foi compositor de obras populares como também é lembrado na parte erudita, então há muitas vertentes a serem trabalhadas. As ações do Projeto Prima e também do Festival Arte em Cena serão voltadas para o Mestre Sivuca, tanto no âmbito literário, quanto no teatral e musical”, adiantou o Secretário.

As atividades alusivas ao Ano Cultural Mestre Sivuca devem primar pela interdisciplinaridade, sem prejuízo do conteúdo regular, cabendo à direção da escola, se necessário, adotar providências para compatibilizar a carga horária. Nos eventos promovidos pelo Governo do Estado, como shows, concertos, seminários, festivais, salões de artesanato e exposições, sempre que conveniente, deverá ser oportunizado ao público conhecer a obra do Mestre Sivuca, por meio de ações dos órgãos e secretarias.

Mestre Sivuca - Compositor, arranjador e mestre da sanfona, Sivuca levou a cultura paraibana e nordestina para o mundo todo por meio das suas notas e acordes. Natural de Itabaiana, começou a tocar ainda criança, e desde jovem, viajou pelo interior do Nordeste brasileiro, tocando música regional com músicos locais, o que lhe rendeu experimentações e conhecimento vasto sobre o universo da música nordestina. 

De todo modo, a arte de Sivuca não se resume à influência regional, já que transita entre diversos gêneros musicais, tanto nacionais quanto internacionais, marcados pelo improviso musical. Inegavelmente, um dos pontos marcantes de seu trabalho foi a incorporação do acordeom como um instrumento de concerto, já que estava muito associado à música tradicional.  


Fonte Secom-PB