segunda-feira, 11 de dezembro de 2023
Saúde 14, junho, 2023

Pacientes aptos a cirurgia bariátrica recebem orientações sobre procedimentos pré e pós operatório

thumb

OHospital de Clínicas de Campina Grande realizou, na segunda-feira (13), o segundo encontro dos pacientes que vão fazer a cirurgia bariátrica pelo Programa Opera Paraíba. O objetivo do encontro é esclarecer todas as dúvidas e receios sobre a cirurgia, além das orientações sobre o pré e pós-operatório, exames necessários, dietas, tipos de procedimentos cirúrgicos, uso de medicamentos e consulta personalizada para que cada paciente passe pela cirurgia mais adequada e tenha o melhor resultado pós-operatório.

A cirurgia bariátrica realizada no Hospital de Clínicas conta com dois tipos de procedimentos: o Sleeve e o Bypass. O Sleeve Gástrico é feito com o objetivo de tratar a obesidade mórbida, consistindo na remoção da parte esquerda do estômago, o que faz com que exista uma diminuição da capacidade do estômago para armazenar comida. Já o Bypass Gástrico ou Gastroplastia com Derivação Intestinal em Y de Roux (Capella), consiste na redução do tamanho do estômago e na alteração do intestino, diminuindo o espaço disponível para a comida e reduzindo a quantidade de calorias absorvidas.

De acordo com o médico cirurgião digestivo bariátrico, Leandro Nóbrega, durante os encontros, também é realizado o atendimento individualizado para definir qual dos procedimentos é mais adequado ao paciente. “Nós fazemos os dois tipos de cirurgias e individualizamos o paciente para saber qual o melhor procedimento se adequa, se o sleeve ou bypass, sabendo que os dois darão um excelente resultado”, explicou. Entre os cuidados do pré-operatório, Leandro Nóbrega orienta que o paciente tenha uma perda de peso entre 5% e 10% antes da cirurgia. “Essa perda de peso vai diminuir os riscos da cirurgia, possíveis sangramentos e melhorar o tempo cirúrgico para um melhor resultado no pós-operatório”, observou o cirurgião.

Para agilizar a fila de espera, o Hospital de Clínicas vem realizando quatro cirurgias bariátricas por semana, totalizando 16 pacientes por mês. Para a responsável da equipe bariátrica do HC, Simone Vieira, o encontro é um momento para, além de esclarecer dúvidas, tirar todos os medos, os receios e explicar para os pacientes a importância da cirurgia bariátrica e do trabalho da equipe multidisciplinar. “A gente orienta sobre a questão da fila, que está andando muito rápido, todos os pacientes do grupo de trabalho de julho estão aptos”, informa Simone Vieira.

A psicopedagoga Gabriela, de 33 anos, residente de Campina Grande, conta que está satisfeita com o processo de cirurgia bariátrica que está passando no Hospital de Clínicas e espera fortalecer os próximos pacientes com o seu exemplo. “É um projeto bastante satisfatório porque é uma equipe qualificada e acolhedora, o atendimento humanizado. As expectativas são as melhores, porque todos os resultados dos outros pacientes que passaram antes de mim são resultados positivos e a minha expectativa está enorme, contando os dias para chegar a minha vez também, e estar aqui novamente, aprofundando esse depoimento, fortalecendo as próximas borboletas”, afirma Gabriela.

Como participar do Programa Opera Paraíba – Para participar do programa o encaminhamento é feito via cadastro no Opera Paraíba, por meio das Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF) das Secretarias de Saúde de cada município. Essa demanda é encaminhada para a Secretaria Estadual de Saúde, que faz a triagem por meio do Regnutes, software desenvolvido pela UEPB que operacionaliza o cadastramento e organiza a fila para realização dos procedimentos, e direciona o paciente para o hospital executante mais próximo.

Fonte – SECOM-PB