Quarta, 20, Outubro, 2021
Geral 4, outubro, 2021

Prefeito participa da abertura presencial da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia em João Pessoa

thumb

O prefeito Cícero Lucena participou, na manhã desta segunda-feira (4), da abertura oficial da XVIII Semana Nacional da Ciência e Tecnologia, que acontece pela primeira vez em João Pessoa. O evento, iniciado no último sábado (2), se estende até a próxima sexta-feira (8) com atividades e exposições voltadas para a disseminação do conhecimento científico e da valorização da ciência.

“A equipe está de parabéns por ter trazido este evento nacional para João Pessoa, uma cidade que se prepara para o futuro, o que só é possível abraçando a tecnologia. Estamos fazendo isso com os tablets e robótica na educação, prontuário eletrônico e tablets para agentes de saúde, papel zero na administração, inteligência nos exames. A cidade avança e se prepara para evoluir e gerar oportunidade”, declarou o prefeito.

O evento acontece simultaneamente em todo o país, chegando à XVIII edição nacional. “Pela primeira vez a cidade de João Pessoa adere a este movimento com atividades que vão atender tanto aos estudantes da Rede Municipal de Ensino quanto ao público em geral”, explicou a secretária municipal da Ciência e Tecnologia, Margareth Diniz.

O evento acontece no pátio da Estação Cabo Branco, das 8h às 17h. Quem for ao local vai encontrar atividades como o caminho do conhecimento, gincanas de resíduo eletrônico e de xadrez. O evento conta com participação das empresas de base tecnológica, universidades, exército, Unimed e órgãos municipais, além do Senai Escola.

A Superintendência de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob-JP) montou um stand apresentando projetos como as câmeras de monitoramento, o aplicativo Monitora Jampa e o Dronemob, que usa a tecnologia dos drones para monitorar, fiscalizar e auxiliar a engenharia de tráfego. No local houve distribuição de material e kit educativo com crianças e adultos.

O secretário de Estado da Educação, Cláudio Furtado, falou sobre a importância do evento. “É essencial que nossos jovens tenham o letramento científico, além da língua portuguesa e da matemática, para que se inspirem no mundo e possam mudá-lo”, afirmou. O secretário executivo de Estado da Ciência e Tecnologia, Rubens Freire, ressaltou o impacto negativo da negação da ciência, como pode ser visto na pandemia de Covid-19.

O reitor da UFPB, Vaudinei Gouveia, afirmou que a ciência é um modo de ver o mundo e oferecer soluções para a sociedade. “A ciência, portanto, não pode estar longe da sociedade. Parabenizo a condução feita pelo prefeito e pela gestão nesta área e reafirmo que podem contar com a UFPB neste processo”, declarou.

Fonte: SECOM/JP

Foto: SECOM/JP