segunda-feira, 15 de agosto de 2022
Geral 6, julho, 2022

Prefeitura de João Pessoa promove nove edições da Feira da Agricultura Familiar em julho

thumb

A Prefeitura de João Pessoa, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedest), vai promover um total de nove edições da tradicional Feira da Agricultura Familiar, ao longo do mês de julho. As atividades acontecerão em estrutura itinerante montada às quartas, no Bessa, e às sextas-feiras, em Manaíra. Cerca de 20 agricultores se revezarão a cada semana, comercializando produtos 100% naturais, cultivados na Zona Rural da cidade.

Todos os trabalhadores participantes da feira são atendidos pelo ‘Eu Posso Semear’, programa realizado pela Sedest, que visa estimular a sustentabilidade e oportunidades para produtores rurais de João Pessoa. “O programa atua com assistência técnica especializada, dando suporte aos agricultores desde o plantio até o pós-venda, além de cursos de capacitação e comercialização da agricultura familiar, tornando o cidadão um elemento transformador no cuidado com o nosso patrimônio ambiental”, explicou Vaulene Rodrigues, secretária de Desenvolvimento Econômico e Trabalho.

Em julho, a primeira edição da Feira foi realizada na última sexta (1º), na praça Chateaubriand Arnaud, conhecida como Praça da Rotam, no bairro de Manaíra. Por lá, a atividade se repete toda sexta, das 5h às 12h. Já nas quartas, ela é realizada no Parque Parahyba I, no Bessa, sempre das 14h às 19h. Entre os produtos comercializados, estão inhame, macaxeira, tomate, coentro, alface, frutas, feijão, hortaliças, raízes, folhosas, frutas e flores tropicais.

Assistência – Além de todo apoio com doação de sementes, preparo do solo, cultivo e colheita, o Eu Posso Semear promove a Feira da Agricultura Familiar para que os produtores tenham espaço adequado para comercialização. O programa oferece todo o apoio logístico para que as vendas sejam bem-sucedidas. “Vamos até o campo, coletamos a mercadoria colhida e a transportamos em um ônibus adaptado, com caixas e prateleiras, para evitar desperdícios. Todos os agricultores, que são responsáveis pelas próprias vendas, seguem em vans do programa”, explicou Adriano Flávio Vasconcelos, diretor de Agricultura Familiar e Pesca da Sedest.

A montagem das feiras é estruturada com tendas, o ônibus do programa e bancadas individuais, onde cada produtor expõe suas mercadorias para venda. “Tudo isso é promovido sem custos aos agricultores, com o objetivo de estimular que eles se mantenham no campo e de lá, tirem seus sustentos, evitando o êxodo rural. As vendas acontecem sem atravessadores, garantindo que todo o lucro levantado com a comercialização seja destinado exclusivamente para o produtor”, acrescentou Adriano.

Fonte: SECOM/JP

Foto: SECOM/JP