sábado, 22 de junho de 2024
Geral 14, novembro, 2023

Restaurantes Populares atendem na modalidade bandejão e agrada população

thumb

Os Restaurantes Populares geridos pelo Governo da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano (Sedh), iniciaram, nesta segunda-feira (13), a venda das refeições apenas no formato original de “bandejão”. O retorno à modalidade utilizada antes da pandemia da Covid-19 agradou a população usuária: uns disseram ter saudade da convivência com outras pessoas e outros observaram que dessa forma a comida se mantém fresca e mais gostosa.

A modalidade do bandejão havia sido substituída pela distribuição da comida em quentinhas para evitar aglomeração e a contaminação pelo vírus durante a pandemia da Covid-19. Com a doença controlada, a partir de agora, a população pode ter acesso por apenas R$ 1,00 a uma refeição de qualidade, na quantidade certa, em um espaço confortável e propício a socialização.

O Restaurante Popular localizado no bairro de Mangabeira, em João Pessoa, abriu as portas às 11h. Ana Maria, moradora do bairro, estava acompanhada do seu esposo, Antônio Araújo, que é uma pessoa com deficiência, na fila preferencial. Para ela, a mudança da modalidade deverá melhorar ainda mais o atendimento. “Tudo que é pensado para melhorar é bem-vindo. Na minha casa são quatro pessoas, duas estão desempregadas. Almoçar a esse preço ajuda no orçamento da família. Sai mais barato, eu economizo gás e a comida é boa”, elogiou.

Já Jozidete Barbosa de Barros, usuária do Restaurante Popular de Santa Rita, comentou que estava com saudades da convivência. “Foi bom ter reaberto, o atendimento é perfeito, a comida é maravilhosa, não tenho o que falar. Eu também estava com muita saudade das pessoas”, ressaltou.

Rodrigo Silva, da cidade de São Bento, por sua vez, acha que a modalidade bandejão deixa o alimento com seu sabor original. “O presencial eu gostei mais. A comida estava quentinha, fresca e mais saborosa. Na marmita, quando a gente ia comer em casa, a comida já estava fria”, observou.

A gerente operacional dos Restaurantes Populares da Paraíba, Jacileide Lopes, explicou que os 10 Restaurantes Populares funcionam de segunda a sexta-feira. Somente os horários de abertura é que acontecem de forma diferenciada. “Em algumas áreas, sobretudo devido ao calor, os usuários solicitaram a abertura às 10h, em outros, como aqui em João Pessoa, a abertura acontece às 11h. Na modalidade bandejão, o usuário continua indo para a fila, compra sua ficha no caixa e vai para a fila do bandejão. Lá os funcionários da empresa vão servir cada porção do alimento. Uma alimentação muito saudável!”, enfatizou.

“Os Restaurantes Populares foram criados justamente para receber as pessoas para se alimentarem de uma forma digna e confortável. Nós convidamos as famílias para comer o alimento quentinho e variado. A segurança alimentar não é apenas o ato de se alimentar com um prato de comida, mas também a convivência, a socialização, o acolhimento, essa forma digna de fazer uma refeição”, frisou a diretora de Segurança Alimentar e Nutricional da Sedh, Luciana Leal.

O programa Restaurante Popular foi implantado pelo Governo da Paraíba com o objetivo de oferecer uma alimentação saudável e balanceada a um preço acessível, destinada preferencialmente para a população de baixa renda, trabalhadores formais e/ou informais, idosos, desempregados e estudantes em situação de insegurança alimentar e nutricional. As unidades estão localizadas nas cidades de João Pessoa, Santa Rita, Campina Grande, Guarabira, Monteiro, Patos, Sousa, Pombal, São Bento e Cajazeiras. Juntos, os RPs vendem, diariamente, 11 mil refeições. Um investimento anual de R$ 27 milhões.

Fonte – SECOM-PB