Quinta, 30, Junho, 2022
Saúde 1, maio, 2022

Secretaria de Saúde oferta auriculoterapia aos usuários do SUS

thumb

Cuidar da saúde e/ou dores no corpo através da estimulação de pontos específicos da orelha. É assim que funciona a auriculoterapia, um recurso terapêutico da medicina tradicional chinesa que é disponibilizado pela Prefeitura de João Pessoa aos usuários do Sistema Único de Saúde da Capital.

“A auriculoterapia atua no organismo físico, mental e energético buscando a promoção da saúde e a recuperação de agravos. É uma prática de cuidado em saúde não invasiva e de baixo custo que pode ser utilizada em todos os espaços de cuidado. Para a estimulação dos pontos auriculares são utilizadas agulhas, sementes de mostarda, esfera de ouro ou prata e cristais”, afirmou Patrícia Margarete, coordenadora das Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICS).

A prática é disponibilizada nos Centros de Práticas Integrativas e Complementares (CPICS) localizados no bairro dos Bancários (Equilíbrio do Ser) e Valentina (Canto da Harmonia), além do Núcleo de Práticas Integrativas e Complementares (NUPICS) Cinco Elementos, localizado no Parque Arruda Câmara, e nas Unidades de Saúde da Família (USF). Também é comumente encontrada nas ações de promoção à saúde realizadas pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

“É importante explicar que aurículo e acupuntura não são as mesmas coisas. A diferença entre elas se dá em função da parte do corpo utilizada para o tratamento. Ou seja, na auriculoterapia, utiliza-se apenas o micro sistema do pavilhão auricular. Enquanto na acupuntura, são utilizados pontos energéticos localizados nos meridianos do corpo humano. Ambas as práticas são ofertadas nos nossos Centros de Práticas Integrativas”, explica Patrícia.

Para ter acesso à prática, basta que o usuário se dirija a um dos locais onde é disponibilizada, a demanda é espontânea não precisando de encaminhamentos de outro serviço.

Fonte: SECOM/JP

Foto: SECOM/JP