domingo, 14 de agosto de 2022
Política 23, julho, 2022

Tião Gomes reclama sobre acordo para a ALPB: ”É minha vez”

thumb

Mal deu tempo o Republicanos sair da reunião com o governador João Azevêdo, que já se iniciou um novo capítulo. O deputado Adriano Galdino disse que o socialista se comprometeu em ajudá-lo a buscar o terceiro mandato consecutivo de presidente da Assembleia Legislativa. Não deu outra: o deputado estadual Tião Gomes (PSB) chiou.

Disse não concordar com o “acordo” feito sobre a eleição da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa ainda no próximo ano.

“Eu já fui preterido algumas vezes, elegi muitos presidentes e acho que agora é minha vez por merecimento. Sou amigo de Adriano Galdino e acho que poderia ser Tião no primeiro biênio e Adriano para o segundo”, disparou em entrevista ao Correio Debate (98 FM).

Tião disse ter 32 anos como deputado estadual e que merece a vaga. Ele lembrou que sempre defendeu o governo de João Azevêdo, mas acredita que a eleição da ALPB é de interesse interno dos deputados.

E ele tem razão quanto à antecipação. O apoio do governador não garante eleição na Assembleia. Em 2018, para quem não lembra, João apoiou Galdino para o primeiro biênio. Havia um acordo para que Hervázio Bezerra fosse eleito para o segundo.

Rifaram Hervázio e, em uma manobra, Tião lançou a candidatura para, em seguida, abrir mão para Adriano Galdino. Então, quem pode cobrar o quê?

Fonte – Blog Sony Lacerda