sábado, 24 de fevereiro de 2024
Política 11, outubro, 2023

Vereador convoca sociedade para denunciar violência contra a mulher

thumb

Diante dos altos índices de feminicídio na Paraíba, o vereador Carlão (PL) convocou a sociedade para denunciar qualquer tipo de violência contra a mulher. O parlamentar lamentou os quatro casos de feminicídio acontecidos entre a sexta-feira (6) e o domingo (8) na Paraíba, durante pronunciamento na sessão desta terça-feira (10), da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP).

“A violência contra a mulher aumenta de forma assustadora. As informações que tive foram que, até o mês de agosto, eram mais de 18 mulheres assassinadas vítimas de feminicídio. Mulheres mortas por homens violentos, covardes, que se aproveitam da relação de intimidade e confiança com essa mulher para machucar, bater, agredir e ao final até matar”, declarou o parlamentar, comentando ainda os quatro casos de feminicídio cometidos desde sexta-feira.  “O que ouvimos e vimos no último final de semana não é humano. Foram quatro mulheres assassinadas. Criminosos covardes que, contra outro homem de igual força, jamais teriam coragem de levantar a mão”, afirmou.

Carlão destacou a importância da participação da sociedade na vigilância contra esse crime. “As denúncias nós, vizinhos, precisamos fazer e temos que fazer. Somos chamados a vigiar a estarmos atentos contra homens violentos. Liguem para 197, 190, fiquem atentos a qualquer sinal de violência. A gente precisa defender a mulher contra esses assassinos e criminosos”

O parlamentar questionou ainda os motivos do aumento dos índices de feminicídio. “Será impunidade? Será que o afastamento dado pelo delegado ou juiz não é o suficiente para salvar essas mulheres? O que temos que fazer? As informações que tive das quatro últimas mulheres assassinadas é de que não existia nenhum registro de violência contra elas. Quer dizer que elas já sofriam caladas e ao final perderam a vida”, lamentou Carlão, enfatizando a necessidade da realização das denúncias.

“Não podemos silenciar. A impunidade que envolve esses homens, o medo da mulher denunciar em razão da relação íntima com o criminoso, não pode avançar. Então você, vizinho, morador da rua, amigo ou amiga que compreende e vê os sinais de sofrimento e tristeza dessa mulher, tem a obrigação de nos ajudar a combater essa violência. Que possamos fazer um grande levante aqui, denuncie! Busque ajuda e vamos salvar as mulheres que hoje precisam de socorro. Para que no próximo final de semana o noticiário não seja feminicídio”, concluiu o parlamentar.

O vereador Odon Bezerra (PSB) ressaltou que a preocupação de Carlão é também de todos os parlamentares da Casa. Ele salientou ainda que apresentou um projeto que veda a nomeação para cargos públicos de pessoas condenadas pelos crimes previstos na Lei Maria da Penha. “Repudiamos esse tipo de crime que, na minha concepção é hediondo, é um crime que choca toda a sociedade e que, infelizmente, estamos vendo todos os dias no cenário da Paraíba e nacional. É preciso que se dê um basta, que haja maior conscientização e que as mulheres também auxiliem, indo à delegacia, comunicando a polícia e pedindo uma medida protetiva. Para que homens sofram o rigor que as leis empreendem para esse tipo de crime tão horripilante, como é o contra a mulher”, declarou Odon Bezerra.

Fonte – SECOM/CMJP