quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024
Política 13, novembro, 2023

Absolvido de processo movido por Bolsonaro, Julian desabafa

thumb

Após ser absolvido de processo movido pelo ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), o ex-deputado federal Julian Lemos (União Brasil) publicou um desabafo nas redes sociais.

“Aos poucos, tudo que armaram contra mim, todas as calúnias, difamações e armações cairão por terra. Aqui, mais uma decisão entre tantas outras, e ainda que tardia, a justiça foi feita”, escreveu.

Julian foi um dos coordenadores da campanha de Bolsonaro à presidência, principalmente no Nordeste, nas eleições de 2018.

Após discordar de ações do então presidente e entrar em rota de colisão com os filhos – Carlos, Eduardo e Flávio -, acabou sendo afastado do círculo e rifado pelos bolsonaristas. Não conseguiu se eleger em 2022, ficando na suplência.

Na postagem, ele acusa não apenas o Clã Bolsonaro, mas o então auxiliar direto de Bolsonaro, o paraibano Tércio Arnaud Tomaz, por uma campanha de difamação e ataques a sua honra.

Lembrou que o campinense é um dos investigados na CPI das Fake News por envolvimento nas chamadas milícias digitais, que também são alvo de inquérito no Supremo Tribunal Federal.

“Falo de Tércio Arnaud Tomaz, assessor direto do ex-presidente inelegível, que se prestou a me acusar do que ele é”, disparou.

Fonte – Blog Sony Lacerda