quarta-feira, 22 de maio de 2024
Política 1, julho, 2023

Bolsonaro desabafa: levei outra facada, mas não estou “morto”

thumb

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) disse que levou “uma facada nas costas” após decisão do Tribunal Superior Eleitoral que o tornou inelegível por oito anos. Mas lembrou que não está “morto”.

“Há pouco tempo tentaram me matar em Juiz de Fora, levei uma facada na barriga. Hoje levei uma facada nas costas com a inelegibilidade.”

Falando à imprensa, em Belo Horizonte (MG), na tarde desta sexta-feira (30), Bolsonaro disse que acredita que tenha sido “a primeira condenação por abuso e poder político”. “Um crime sem corrupção”, ironizou.

“Isso é crime? Abuso de poder político? Por defender algo que eu sempre defendi quando parlamentar [o voto impresso]?”.

Bolsonaro disse que agora o presidente Lula (PT) “vai entrar em campo para ganhar por quase W.O. em 2023″‘. “Mas isso é democracia”, concluiu.

O ex-presidente falou que “não é o fim da direita no Brasil. Antes de mim ela existia, mas não tinha forma”. “Não vamos desistir do Brasil.”

Fonte – Blog Sony Lacerda