Sexta, 03, Dezembro, 2021
Saúde 19, dezembro, 2020

Centros de Inclusão e de Reabilitação realizam atendimento humanizado a pessoas com deficiência

thumb

A população da Capital conta com dois centros especializados no cuidado para as pessoas com deficiência. Por meio desses serviços, a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) oferece assistência em diversas especialidades, com a finalidade de incluir e reabilitar seus usuários dentro de suas necessidades, proporcionando conforto e atendimento humanizado.

O Centro de Referência Municipal de Inclusão à Pessoa com Deficiência (CRMIPD) já realizou 118,5 mil atendimentos nos últimos oitos anos, sendo 56,7 mil no período de 2013 até 2016 e 61,7 mil de 2017 até outubro de 2020. O serviço atende crianças e adolescentes com idade até 18 anos, com paralisia cerebral, síndrome de down, microcefalia, entre outras deficiências.

Os usuários contam com atendimento multidisciplinar, entre as especialidades de psicologia, psiquiatria, neuropediatria, fonoaudiologia, fisioterapia, musicalização infantil, terapia ocupacional e educação física. Os atendimentos acontecem de forma individual ou coletiva, dependendo da necessidade da criança e do adolescente.

Em junho de 2014, o Centro de Inclusão ganhou uma nova estrutura com novos espaços para oferecer o melhor atendimento aos seus usuários e acompanhantes. “Nesses últimos oito anos, o serviço passou por diversas melhorias, possibilitando um atendimento mais confortável tanto para os usuários, quanto para os profissionais”, afirmou Nadja Marques, coordenadora do CRMIPD.

Centro de Reabilitação – Inaugurado em outubro de 2017, o Centro de Reabilitação e Cuidado da Pessoa com Deficiência atende aos públicos de todas as faixas etárias, ofertando atendimento multidisciplinar com fisioterapia, ortopedia, urologia, terapia ocupacional, assistência social, psiquiatria e educação física. Assim como no Centro de Inclusão, os atendimentos podem ser individuais ou coletivos, conforme a necessidade de cada usuário. Além disso, o serviço distribui insumos e medicamentos específicos para as pessoas com deficiência física ou intelectual atendidas pela rede municipal de saúde.

De acordo com a coordenadora do Centro de Reabilitação, Mariana Pessoa, a assistência oferecida no serviço se estende, também, à família do usuário. “Esse público, juntamente com seus familiares e cuidadores são acolhidos, ouvidos, orientados e atendidos de acordo com sua necessidade, pois nosso objetivo final é proporcionar bem estar biopsicossocial e melhorar cada vez mais sua qualidade de vida”, destacou.

O Centro de Reabilitação se tornou, também, referência para os serviços de órteses, próteses e ostomizados, que já eram disponibilizados para a população, mas passaram a ser ofertados de forma integrada, melhorando a assistência e o acesso dos usuários. Nos últimos oito anos, o serviço de ostomizados registrou quase 3,2 mil usuários que receberam bolsas de colostomia mensalmente.

Neste mesmo período, o setor de órteses e próteses já forneceu mais de 3,2 mil cadeiras de rodas, incluindo adulto, infantil, obesa, higiênica, motorizada, carrinhos infantis e especiais para tetraplégicos. Ainda neste setor, foram distribuídos, desde 2013, mais de 500 próteses, incluindo mamárias e membros superiores e inferiores; além de aproximadamente 400 unidades de órteses ortopédicas e 250 unidades de auxiliares de locomoção como bengalas, muletas e andadores.

Serviço – Para ter acesso aos atendimentos no Centro de Reabilitação e Cuidado da Pessoa com Deficiência, o usuário deve se dirigir diretamente ao serviço, apresentando cópia dos documentos pessoais, cartão SUS, comprovante de residência e laudo que comprove a deficiência para a abertura do cadastro. No caso do recebimento de insumos e medicamentos, é necessário apresentar, também, a receita médica.

O serviço fica localizado em prédio anexo à Policlínica Municipal de Jaguaribe, na Rua Alberto de Brito, e funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h. Os telefones para contato são: 3214-3427 e 3214-1394.

O Centro de Referência Municipal de Inclusão à Pessoa com Deficiência também atende por demanda espontânea ou encaminhado pelas unidades de saúde da família (USF). Assim como no Centro de Reabilitação, no momento do cadastro, o responsável pela criança deve estar de posse dos documentos pessoais da criança, cartão SUS, comprovante de residência e laudo que comprove a deficiência.

O serviço está localizado na Avenida Otto Feio da Silveira, 161, Pedro Gondim, e funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h. Em caso de dúvidas ou para obter mais informações, a população pode ligar para 3218-9807.

Atendimento durante a pandemia – Com o avanço do Plano Estratégico de Flexibilização das atividades que vêm acontecendo nos últimos meses, no município de João Pessoa, os dois centros para pessoas com deficiência retornaram às suas atividades presenciais, seguindo os protocolos de atendimento necessários para garantir a segurança dos usuários e funcionários.

Nos dois serviços, foi preciso fazer algumas mudanças no atendimento presencial. Por estar atendendo apenas com 30% da capacidade por vez, as sessões estão sendo agendadas previamente, para que possa ser respeitada a regra de distanciamento. “Adequamos nosso espaço e nossa agenda para que essa retomada obedecesse todas as normas e protocolos de saúde, principalmente em relação ao fluxo de pessoas.”, explicou Nadja Marques, coordenadora do CRMIPD.

Fonte: SECOM/JP

Foto: SECOM/JP