Quinta, 11, Agosto, 2022
Política 6, maio, 2022

CMJP vai debater Plano de Mobilidade Urbana da Capital

thumb

Na próxima quinta-feira (12), a partir das 11h, a Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) vai debater o Plano de Mobilidade Urbana da Capital paraibana e ações de conscientização no trânsito. A audiência pública proposta pela Frente Parlamentar em Defesa da Mobilidade Urbana faz parte da programação do ‘Maio Amarelo’ e acontece no Plenário Senador Humberto Lucena. Nesta semana, o Legislativo Municipal ainda vai debater políticas públicas sobre alergia e intolerância alimentar e homenagear Nauber Barbosa Brilhante. Todos os eventos serão realizados no Plenário da Casa.

“Está tramitando nesta Casa o PLO 826/2021, de autoria do Executivo Municipal, que dispõe sobre o Plano de Mobilidade Urbana de João Pessoa, o qual aborda pontos específicos e indispensáveis no tocante a inserir a Cidade de João Pessoa na Política Nacional de Mobilidade Urbana, permitindo investimentos federais, regionais e internacionais, abordando e fixando diretrizes gerais, com seus respectivos objetivos e medidas a serem adotadas pelo poder público. Sendo assim precisamos debater esta temática na Casa com toda a população”, justificou o presidente da Frente, vereador Damásio Franca (PP).

Durante a audiência pública também serão abordadas as ações que a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob-JP) está planejando para a Campanha do ‘Maio Amarelo’ na cidade. O ‘Maio Amarelo’ é um movimento mundial que tem como objetivo conscientizar as pessoas por um trânsito mais seguro e sem vítimas, tendo em 2022 o tema ‘Juntos Salvamos Vidas!’. Durante todo o mês, a Semob-JP manterá um calendário especial de atividades, para alcançar todos os públicos incentivando práticas prudentes no trânsito, como respeito aos ciclistas, aos carroceiros, às sinalizações e às faixas de pedestres.

Outros eventos da semana

Na segunda-feira (9), a partir das 15h, acontece uma sessão especial para discutir políticas públicas sobre alergia e intolerância alimentar. O vereador Milanez Neto (PV) propôs a discussão.

“De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria, a alergia alimentar é mais comum em crianças menores de 3 anos, tendo prevalência de aproximadamente 6%. Em adultos, a incidência é de 3,5%, sendo 2,2% referentes a alergia à proteína do leite de vaca. A intolerância à lactose é o tipo mais comum de intolerância alimentar. Está presente em 65% da população mundial. Precisamos de políticas em nossa cidade sobre esse tema”, justificou o propositor.

A confusão entre alergia e intolerância alimentar é frequente. Embora ambos representem problemas relacionados com o consumo de determinados alimentos, são conceitos diferentes. Apresentam casos clínicos e mecanismos fisiológicos específicos. As alergias alimentares são causadas a partir de respostas exageradas do sistema imunológico ao consumo de determinados alimentos. Caracterizam-se por um conjunto de reações desencadeadas por mecanismos imunológicos mediados ou não pela Imunoglobulina E (IgE). A parte do alimento que causa a alergia é denominada alergênico. Diferentemente da alergia alimentar, a intolerância não envolve respostas do sistema imunológico. Trata-se de qualquer reação adversa de caráter não imunológico que causa um distúrbio digestivo, como a deficiência de determinadas enzimas.

Encerrando os eventos da semana, na quarta-feira (11), às 14h, acontece uma sessão solene para entrega da Medalha Cidade de João Pessoa ao empresário, atleta e professor de Jiu-Jitsu Nauber Barbosa Brilhante. O vereador Guga (PP) propôs a homenagem e a solenidade.

“Nauber Barbosa Brilhante é um empresário de 39 anos formado em Administração de Empresas, Gestão Comercial e há mais de duas décadas, atleta competidor e professor faixa preta de Jiu-Jitsu. Ele é responsável pela implantação de diversos projetos sociais no Município de João Pessoa e em diversos lugares da Paraíba. Os projetos sociais implantados trouxeram vários benefícios a população, retirando diversas crianças das ruas e dando a elas confiança, dignidade e direcionamento para a vida através do esporte, assim contribuindo na educação do nosso município e no caráter dos mesmos”, justificou Guga.

Fonte: CMJP

Foto: CMJP