Terça, 19, Janeiro, 2021
banner

A boa vontade do MP

11, janeiro, 2021

O Ministério Público entrou em campo e tudo indica que com o maior desejo de colaborar com a realização do Campeonato Paraibano de 2021. Pelo menos foi o que deixou no ar o Promotor Valberto Lira, presidente da Comissão Estadual de Combate e Prevenção de Incêndio e Violência nos Estádios. Em entrevista ao site soesporte.com.br ele deixou claro que pode até flexibilizar o Estatuto do Torcedor, desde que aconteça um acordo entre as partes interessadas.

O problema é que até agora o Ministério Público não foi procurado pela Federação Paraibana de Futebol para tratar do assunto. Tudo indica que vai deixar para o último momento, inclusive para tratar da situação dos campos que serão disponibilizados para o Campeonato Paraibano, onde a maioria não oferece a menor condição de jogo.

A falta de dinheiro é real no futebol paraibano, mas a falta de interesse pela realização do Campeonato Paraibano é maior ainda. São poucos dirigentes que estão tratando do assunto, mas a maioria esperando pelo sinal verde do Governo do Estado sobre a liberação de verbas. Enquanto isso não acontece, ninguém apressa o passo.

E assim caminha o futebol profissional da Paraíba, nessa decadência sem fim. Tudo indica que se o Campeonato Paraibano fora realizado será na base do improviso, até porque o tempo é curto e com essa disseminação da pandemia do coronavírus. O Ministério Público já mostrou boa vontade. Agora falta a Federação Paraibana de Futebol quebrar o silêncio.

Positivo
Apesar da crise financeira, quem mais está contratando neste início de temporada é o Treze. O presidente Walter Júnior está empolgado de olho no calendário de 2021, com Copa do Brasil, Copa do Nordeste, Campeonato Brasileiro da Série D e Campeonato Paraibano. Precisa sim, de um elenco qualificado e está no mercado do bola.

Negativo
O Flamengo está mesmo descendo a ladeira. A derrota para o Ceará por 2×0 no Maracanã mostra que algo anormal está acontecendo no ambiente interno. E nesse clima a diretoria se prepara para mudar de treinador, para tentar reanimar o elenco no Campeonato Brasileiro. Rogério Ceni está mesmo com o cargo ameaçado.

No Foco
O presidente da Federação Paraibana de Futsal, João Bosco Crispim, prestigiou a decisáo do Campeonato Paraibano na categoria principal que foi conquistado pelo Boi Bravo no último sábado. João Bosco Crispim participou da cerimônia de premiação.

Compartilhe:
banner