Quarta, 27, Janeiro, 2021
banner

A mudança está valendo

5, janeiro, 2021

Agora não adianta choro e nem vela. Evaristo Piza disse não ao Botafogo-PB, esqueceu todas as promessas de amor ao clube e como profissional, decidiu permanecer em São Paulo à espera de um bom contrato, já que a política financeira anunciada pelo presidente Alexandre Cavalcanti, com cortes de gastos, não agradou ao ex-treinador, o que é muito natural no mundo do futebol, onde o dinheiro fala mais alto.

Sem Evaristo Piza para a temporada 2021, Alexandre Cavalcanti correu para o mercado da bola e fechou com Marcelo Vilar. Um treinador vencedor e com passagem positiva pelo Belo, onde foi campeão brasileiro da Série D e bicampeão estadual. Agora Alexandre Cavalcanti não quer perder mais tempo na formação do novo time, o que vai acontecer a partir da chegada do novo treinador.

Acredito que Alexandre Cavalcanti está no caminho certo. Não adianta fugir da realidade financeira do clube, com contratações mirabolantes. A torcida quer, mas dinheiro que é bom deixou de existir na Maravilha do Contorno. Até as figurinhas carimbadas que pressionaram o afastamento dos gestores anteriores, se esconderam no silêncio quando foi colocada na mesa a situação financeira do Botafogo-PB.

Para não correr riscos e trabalhar com transparência e responsabilidade, Alexandre Cavalcanti está cortando gastos e as grandes contratações não vão acontecer. Sem a torcida nas arquibancadas e sem a força dos patrocinadores, fica difícil pensar diferente. A ordem na Maravilha do Contorno é seguir com os pés no chão e tentar convencer a torcida sobre a política financeira que já está sendo praticada.

Positivo
Kaio Márcio assumiu a Secretaria de Juventude, Esporte e Recreação (Sejer) cheio de motivação e disposto a trabalhar em equipe por melhores dias para o esporte e a juventude. Sem alarde, está formando um grupo com profissionais capacitados, mas que ainda não foram anunciados, já que serão analisados pelo prefeito Cícero Lucena.

Negativo
As dificuldades são muitas para sair a definição do Campeonato Paraibano de Futebol Profissional. Os dirigentes alimentam divergências, o apoio anunciado pelo Governo do Estado ainda não chegou e a Federação Paraibana de Futebol segue perdida no tempo e no espaço, sem calendário para 2021. É lamentável.

No Foco
O surfista paraibano Arthur Filho está se preparando para a temporada 2021 com muito entusiasmo. Está radicado em Baía Formosa, onde recebe o apoio de Ítalo Ferreira, que é destaque internacional na modalidade. O que Arthur Filho precisa é de apoio na Paraíba para continuar se projetando no cenário nacional.

banner