Terça, 19, Janeiro, 2021
banner
thumb

Lembranças de um feito histórico do Botafogo-PB em pleno Maracanã

3, janeiro, 2021

Neste ano que passou, completou-se exatas quatro décadas da magistral vitória do Botafogo-PB (2×1) sobre o Flamengo, diante de mais de 25 mil pessoas no Maracanã. E olha que o Flamengo, que era tri brasileiro, jogou completinho, com Raul, Júnior, Zico, Nunes e Adílio entre os titulares.
Foi um feito histórico. Eu estava lá no Maraca, como repórter da Rádio Tabajara, e lembro até a escalação do Botinha: Hélio, Marquinhos, Geraílton, Deca e Nonato Aires;  Nicácio, Magno e Zé Eduardo; Getúlio,  Evilásio e  Soares.

Na sequência do Brasileirão (que era chamado de Taça de Ouro), o Botafogo ainda bateu no Internacional, que também era tricampeão nacional. O feito do Botafogo na década de 1980 foi tão excepcional que virou matéria na revista Placar, da qual eu era correspondente na PB. Transcrevo a seguir:

O BOTAFOGO-PB PROCURA
MAIS UM TRI PARA MATAR

No princípio era o medo. O técnico Caiçara provocava a diretoria do Botafogo e, cético, abria o jogo:
“Ou o clube contrata reforços ou entraremos na Taça de Ouro apenas para fazer número”.
Vontade de atender-lo não faltava . Faltava apenas dinheiro. E Caiçara, sem outra saída, começou a trabalhar com o que tinha.

“Estamos todos no mesmo barco e brigar ou não na Taça de Ouro vai depender apenas do nosso esforço. Que tal um esquema na base da união, humildade e trabalho? Muita humildade”.
Era pegar ou largar. E então, sem outra saída, pegaram firme com os bons resultados aparecendo. Até deixar o Flamengo a seus pés, com o Maracanã de olhos arregalados.

Surpresa? Talvez. Mas logo veio a confirmação do seu bom futebol. Outra vitória contra outro tricampeão, o Inter. Sempre com o estádio lotado e sempre quebrando recordes.
Domingo perdeu para o Santos, mas quem está ligando pra isso na Paraíba?

Por: MARCONDES BRITO

Compartilhe:
banner