Sexta, 23, Julho, 2021

Muita calma nessa hora

21, julho, 2021

Ninguém viu e nem ouviu o técnico Ranielle Ribeiro reclamar de nada após a derrota de sábado passado, para o ABC de Natal, pela Série D do Campeonato Brasileiro. O que mais o Campinense queria era vencer o jogo e assumir a liderança do Grupo 3, mas não deu. O time fez de tudo, mas não apresentou o futebol dos compromissos passados e acabou no prejuízo.

Ranielle Ribeiro foi inteligente. Viu falhas e a falta de futebol em alguns setores, mas preferiu deixar para tratar do assunto internamente, o que passa mais confiança para o grupo. Reconheceu que o time não foi bem, quando foi questionado, mas sem alarde e alimentando a possibilidade de voltar ao bom desempenho na próxima rodada.

O Campinense não assumiu a tão esperada liderança, mas ficou em segundo lugar no Grupo 3 da Série D do Campeonato Brasileiro. Foi bom fechar a rodada assim, pois continua firme e forte na briga pela classificação para a fase seguinte da competição. Nada de desespero. O coração tem que continuar manso e humilde nessa caminhada rumo ao acesso.

A derrota passou e o Campinense vai enfrentar o ABC mais uma vez, agora no Frasqueirão, em Natal-RN. Como conhece bem o adversário, que não é coisa de outro mundo, como disse o narrador esportivo Ivan Nunes, no programa Telesporte de ontem, o técnico Ranielle Ribeiro tem como armar bem o seu time e retornar para Campina Grande com um resultado positivo. Podem ter certeza que isso pode acontecer mesmo.

Positivo
Domingo passado, reencontei dois grandes amigos: Josias Paes e Josevaldo Silva (Bado). Ambos jogaram pelo 13 de Maio no amistoso contra a Apcef-PB na categoria master, que terminou 2×2. A conversa foi produtiva, os bons momentos no esporte relembrados e a certeza que com muitos cuidados, estamos driblando a pandemia do coronavírus. Vida longa para nós.

Negativo
Muitos atletas paraibanos sempre despontam lá fora, pois quase sempre as oportunidades não aparecem por aqui. O investimento na base, trazendo para o futebol paraibano, é muito acanhado e pouco se valoriza quem é da casa. Quer sentir na pele, leve qualquer atleta para fazer um teste nos times profissionais que tabalham com a base. As dificuldades são muitas até que o espaço seja aberto para um treino.

No Foco
O presidente da Associação do Pessoal da Caixa Econômica Federal da Paraíba – Apcef-PB – Carlos Espínola (C) foi um dos destaques do programa Telesporte de ontem, no canal boomnamidia no YouTube. Comentou sobre a volta das atividades esportivas e das matrículas que estão abertas para as escolinhas de todas as modalidades.