Terça, 19, Janeiro, 2021
banner

O futuro da Raposa

26, dezembro, 2020

Faz tempo que o Campinense tenta reencontrar o caminho e do sucesso, mas até agora nada. E essa espera incomoda a torcida que pede mudanças radicais por melhores dias. Afinal de contas, a Raposa tem uma tradição forte no futebol profissional com importantes conquistas, mas desde 2015 nada de bom tem acontecido.

Com a chegada de uma gestão independente no futebol em 2020, o torcedor se encheu de esperança pensando que esse ano seria o fim do jejum de títulos, mas não aconteceu. As contratações aconteceram, mas dentro de campo o futebol deixou a desejar e quem saiu no lucro foi o rival Treze, que terminou a temporada com o título de campeão paraibano.

E surge uma nova esperança para os torcedores. Neste domingo tem eleições no Campinense, com dois candidatos que estão prometendo tudo e algo mais. Carlos Gonzaga, da Chapa 1, promete novas conquistas no futebol. Phelipe Cordeiro, da Chapa 2, não é muito ousado e quer reunir diretores jovens com um novo modelo de gestão.

O problema é que os dois candidatos ainda não conquistaram a confiança dos conselheiros mais conservadores. Isso tem complicado o processo momentos que antecedem as eleições. O torcedor por sua vez assiste tudo, esperando por um novo momento em 2021. Agora só resta esperar pelo resultado final da eleição deste domingo, e que o novo gestor possa realmente tirar o Campinense desse marasmo.

Positivo
O presidente da Apcef-PB, Carlos Espínola, está aproveitando o pequeno recesso por conta das festas de fim de ano, para trabalhar o planejamento que será colocado em prática em 2021.Torce pelo fim da pandemia do coronavírus e conta com o apoio de toda a sua diretoria para montar um calendário que seja viável para todas as modalidades, obedecendo as exigências dos órgãos públicos de saúde.

Negativo
Apesar da promessa do Governo do Estado em liberar verba para os clubes, até agora a Federação Paraibana de Futebol não decidiu nada sobre a realização do Campeonato Paraibano. Não existe nenhuma reunião do Conselho Arbitral marcada para uma nova discussão. Isso mostra que o futebol profissional ainda desce a ladeira.

No Foco
A natação do Clube dos Oficiais da Polícia e Bombeiro Militar da Paraíba – COMP-BM – que é comandada pelo professor Tiago Nascimento, termina o ano com bons resultados, o que gera motivação para a diretoria que tem a frente o Coronel Francisco de Assis. Ele promete novos investimentos em 2021.

Compartilhe:
banner