Quarta, 24, Fevereiro, 2021
banner

Tudo como antes

10, fevereiro, 2021

O Ministério Público parece nada satisfeito com a realidade atual do futebol profissional da Paraíba. Pelo menos foi a demonstração dada na convocação da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros e da Federação Paraibana de Futebol (FPF) para uma reunião virtual nesta quarta-feira, para discutir a situação dos estádios que foram disponibilizados para o Campeonato Paraibano de 2021.

O promotor Valberto Lira, que é presidente do Núcleo do Desporto e Defesa do Torcedor (Nudetor) e da Comissão de Prevenção e Combate à Violência nos Estádios da Paraíba, já descartou a volta da torcida aos estádios em virtude da pandemia do novo coronavírus. Também deixou bem claro que, sem os novos laudos, não tem campo liberado. Isso inclusive pode atrapalhar as estreias de Botafogo-PB e Treze na Copa do Nordeste.

Deixaram mais uma vez para a última hora. Não tem campo liberado e isso preocupa a FPF, que divulgou a tabela, mas sem os locais dos jogos, pois a maioria dos campos não atendem as exigências do Estatuto do Torcedor. Com certeza serão feitas exigências através dos órgãos que liberam os laudos, o que vai atrapalhar a vida de muita gente, mais uma vez.

Não acredito que o início do Campeonato Paraibano sofra adiamento e que Botafogo-PB e Treze serão prejudicados na Copa do Nordeste. Mas tenho quase que certeza que alguns filiados terão que jogar longe dos seus torcedores, pois a situação dos campos é a pior possível. Se o Ministério Público decidir agir com rigor, poucos serão colocados a disposição para os jogos do Campeonato Paraibano.

Positivo
O Nacional de Patos começou a pré-temporada, no estádio José Cavalcanti, em Patos, com o técnico Warley Santos no comando. Nesse primeiro momento ele observa alguns jogadores que foram colocados a disposição da comissão técnica, mas a diretoria está no mercado da bola para fechar o elenco o mais rápido possível.

Negativo
No mês de setembro foram enviados formulários para serem preenchidos e devolvidos até o final de novembro pelos responsáveis pelos campos. O objetivo era solucionar os problemas com bastante antecedência. Quem atendeu as exigências? Pelo visto ninguém. O Ministério Público vai pegar pesado. Chega de brincadeira.

No Foco
O vice-presidente da Federação de Luta Olímpica da Paraíba, Walter Júnior, foi o entrevistado de ontem, do programa Telesporte, que acontece todas as terças-feiras, a partir das 20h, no canal boom na midia no YouTube. Na conversa mostrou muita preocupação com a falta de apoio para enviar os atletas para os grandes eventos.

banner