terça-feira, 16 de agosto de 2022
Cultura 1, julho, 2022

Comédia Povoado do Capim Frouxo estreia nesta sexta no Teatro Santa Catarina, em Cabedelo

thumb

Tem estreia nesta sexta-feira, 1°, no Teatro Santa Catarina, em Cabedelo. A Comédia O Povoado do Capim Frouxo fica em cartaz de hoje até domingo, às 20h00, com ingressos ao preço de R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia-entrada). Mais informações pelo fone: (83) 99940-1172.

De acordo com autor do texto, Erivan Lima, que também está no elenco, a comédia se passa em meados do século passao, e um narrador misterioso, junto a sua rabeca, apresenta uma bela história.

O tempo passou, e o Povoado cresceu. Eis que o Coronel Lola é prefeito da cidade e futuro deputado federal, mas os dias ficaram difíceis para ele… Um certo Manoel Sebastião, que ninguém sabe como apareceu por lá, está presente em cada fuxico, em cada confusão; ao lado de seu amigo e companheiro de infância, Raimundinho, Mané Bastião faz Capim Frouxo virar um caldeirão de confusão.

Entraxem cena o padre! O padre Epitácio, na sua igreja defendendo seus fiéis, é louco por dinheiro; Pastor José Vicente, evangélico, na sua igreja com sua nova convertida Justina, a cada dia tenta ganhar mais almas, sempre defendendo seus irmãos e, também, louco por dinheiro.

 O delegado Zacarias, o valentão, tenta contornar a situação, pois, vez ou outra, está investigando quem tem olhado a filha do Coronel tomar banho no riacho. A Belinha, bela, mais que bela, mexe com muitos corações — menina inocente do interior, que desperta o desejo e o amor dos sonhadores que tentam conquistá-la.

Ambrosina, a charmosa sedutora! Amante do dinheiro! Toda cidade de interior tem aquela mulher que acalenta os corações machucados e, inclusive, realiza as fantasias mais secretas dos homens de Capim Frouxo. Na sua pensão, tem Zefa Gaga, que tenta encontrar o príncipe encantado e gosta de cuidar do estabelecimento da patroa; ela é o braço direito da Ambrosina.

Quando se fala de Coronel, iremos sempre ter uma comparação com um tirano que quer ser o mandão; falaremos dos Padres, dos Pastores que sempre querem se dar bem, dos Delegados metidos a valentões, das inocentes que neste mundo ainda existem e das mulheres que lutaram pelo seu espaço de direito, por sua liberdade e contra os preconceitos. Por fim, há também os trambiqueiros ou malandrões que, por motivos sociais, são obrigados a passar ou criar situações constrangedoras: “Manoel Sebastião” e “Raimundinho”, esses dois personagens representam os menos favorecidos deste mundo, eles são os excluídos,  aqueles que não têm oportunidades de um futuro melhor.

Capim Frouxo é o lugar que todo mundo gostaria de morar! Tem Cigana que o mistério se fez lançar; tem Delegado que gosta de proteger; tem cachorro que leva culpa sem merecer; tem Padre e Pastor que gostam de dinheiro fácil ganhar; tem Justina, que quer se converter; tem Ambrosina, que gosta do prazer espalhar; Zefa Gaga, que gosta de ajudar; Coronel que gosta de mandar; Belinha, que gosta de amar; Raimundinho, que não gosta de confusão criar e tem Manoel Sebastião, que ora é herói, ora é vilão.

Uma história com muito riso e mistério. Vale a pena conferir!

FICHA TÉCNICA

Produção de Itamê Júnior

Elenco:

Erivan Lima
Hermano Queiroz
Alcemy Araújo
Marcos Vinicius
Aymê Vasconcelos
Puama Sheila
Sebastião Formiga

Direção Musical: Ademilton Barros

Iluminação: Nilson Silva

Sonoplastia: Sudailson