quinta-feira, 25 de julho de 2024
Geral 23, junho, 2023

Mais de 120 pessoas concluem cursos e estão qualificadas para o mercado de trabalho

thumb

AGerência dos Centros Sociais Urbanos (CSU), que integra a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano (Sedh), entregou nessa quarta-feira (21), 122 certificados das turmas que concluíram os cursos nas especialidades de operador de caixa, artesanato, auxiliar de cozinha, cuidador de idosos e no embelezamento (design de sobrancelha e manicure), na unidade do Geisel, em João Pessoa.  Com a ação, o Governo do Estado possibilita que pessoas em situação de vulnerabilidade econômica e social sejam qualificadas para o mercado de trabalho ou possam se tornar empreendedores.

A secretária de Estado do Desenvolvimento Humano, Pollyanna Dutra, enfatizou a importância dessas capacitações. “O Governo da Paraíba quer as mulheres fazendo parte do desenvolvimento do nosso Estado. A capacitação e a qualificação profissional abrem portas para o mercado de trabalho e para o empreendedorismo. A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano tem ofertado esses cursos em nossos equipamentos, diretamente ou por meio de convênios com instituições não governamentais, a fim de dar autonomia às nossas paraibanas, para que elas possam se emancipar financeiramente e construírem seu próprio caminho, saindo, muitas vezes, de situações de vulnerabilidade, levando comida até a mesa das suas famílias e desenvolvimento para o local em que vivem. Isso é cidadania!”, afirmou a secretária.

A formanda Edna Braz da Silva, que concluiu os cursos de designer de sobrancelhas e manicure, comentou a alegria de se qualificar profissionalmente. “Hoje estou feliz e gratificada por essa oportunidade que tive, graças aos cursos gratuitos que vieram para ajudar a quem estava desempregada. Aprendi e me qualifiquei nas áreas, já estou trabalhando”, ressaltou.

Já Onato Domingues, concluinte do curso de operador de caixa, disse que se considera pronto para enfrentar o mercado de trabalho após participar da capacitação. “Esse curso pra mim foi uma grande oportunidade, tentei fazer antes e não consegui e agora me dediquei e finalizei. Tenho certeza que através desse curso irei enfrentar o mercado de trabalho com qualificação profissional”, comemorou.   

A gerente operacional dos Centros Sociais Urbanos (CSUs), Marília França, destacou que a inclusão produtiva tem sido uma política importantíssima para pessoas em situação de vulnerabilidade econômica e social no mundo do trabalho, seja via emprego formal ou via empreendedorismo, de modo que sejam capazes de gerar sua própria renda de maneira digna e estável, e assim superar processos crônicos de exclusão social. “Estamos fortalecendo os vínculos dentro dos territórios, visando minimizar os impactos da vulnerabilidade em nosso estado, sobretudo fortalecer a inclusão produtiva gerando mais oportunidades para transformação de vidas tem sido nosso maior objetivo”, afirmou.

As próximas turmas de cursos profissionalizantes estão previstas para iniciar em agosto. Desta vez serão contemplados os segmentos da gastronomia, administrativo, além de embelezamento. Para as pessoas interessadas nas inscrições procurar informações no número: (83) 9.9892-0979 ou pelo e-mail arc.acoesolidarias@gmail.com .

Fonte – SECOM-PB