Quarta, 06, Julho, 2022
Saúde 4, maio, 2022

Paraíba registra 17 transplantes renais no primeiro trimestre, número ultrapassa total de 2021

thumb

O número de transplantes renais realizados este ano, na Paraíba, já é maior que o registrado em 2021. Enquanto no ano passado foram 14 transplantes de rins, este ano o estado já contabiliza 17. Foram dois em janeiro, oito em fevereiro e sete em março.  

“Esse dado não é só mais um número, ele representa a mudança na vida do paciente e de seus familiares. Por isso que nossa missão é buscar incansavelmente pela autorização das famílias. Cada ‘sim’ pode transformar a vida de até cinco pessoas aqui na Paraíba”, destaca a chefe do Núcleo de Ações Estratégicas da Central de Transplantes, Rafaela Carvalho.

Fundamentais para o funcionamento do corpo, os rins têm como função básica filtrar o sangue e auxiliar na eliminação de toxinas do organismo. Por ser em par, os rins podem ser doados após o falecimento e também em vida, já que a função renal pode ser mantida por um único rim, sem que isso cause prejuízos à saúde do doador.

O transplante renal é recomendado para pacientes com insuficiência irreversível, normalmente provocada pelo avanço de uma doença renal crônica.

Em números absolutos, o país ocupa a terceira posição mundial entre os maiores transplantadores de rim. No ano passado, de acordo com dados do Ministério da Saúde, foram registrados 4.828 procedimentos do tipo. No Brasil, a estimativa é de que existam mais de dez milhões de pessoas com doenças renais.

Ainda aguardam na fila de espera por um transplante renal na Paraíba 185 pessoas.

Fonte: SECOM/PB