sexta-feira, 1 de março de 2024
Geral 21, janeiro, 2024

PB Saúde promove II Fórum de Farmácia Clínica com palestras e apresentação de trabalhos

thumb

AFundação Paraibana de Gestão de Saúde (PB Saúde), pertencente à rede de saúde do Governo da Paraíba, realizou, nesta sexta-feira (19), o II Fórum de Farmácia Clínica com o objetivo de fomentar o debate técnico e científico em alusão ao Dia Nacional do Farmacêutico, comemorado em 20 de janeiro. O evento foi direcionado a profissionais e estudantes da área de farmácia, e aconteceu no auditório da Uniesp Centro Universitário, contando com mesas redondas e apresentação de trabalhos científicos.  

Segundo o coordenador de Farmácia Clínica do Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires, Felipe Piris, um dos organizadores do evento, a ideia das palestras do Fórum foi capacitar os profissionais e apresentar aos estudantes pesquisas e estudos sobre a farmácia clínica em âmbito multiprofissional. 

“Esse é um momento para que possamos falar para vocês, farmacêuticos e estudantes, de forma que possam se inspirar a continuar trabalhando e estudando com afinco, pois é nosso paciente, que está do outro lado do atendimento, quem mais se beneficia da ciência colocada em prática por um profissional capacitado”, disse Felipe, que também apresentou uma palestra sobre a atuação do farmacêutico clínico  no pré, durante e pós transplante cardíaco.

Durante o fórum, foram abordados temas como atuação do farmacêutico em laboratório de análises clínicas; implantação e desenvolvimento de protocolo de Sepse em hospitais públicos, farmácia clínica em pacientes transplantados cardíacos, inibidores SGLT2 na insuficiência cardíaca e doença renal crônica e controle do Delirium. Já a mesa redonda levantou o diálogo sobre cuidados farmacêuticos e a segurança do paciente. 

Segundo o cardiologista Gustavo Fernandes, um dos palestrantes, o caráter multiprofissional do evento é importante para que os profissionais da farmácia clínica conheçam, também, os avanços significativos das pesquisas na área de farmacologia e que contribuem para as outras áreas da medicina. 

“Na palestra de hoje, por exemplo, falamos sobre os inibidores SGLT2, que são medicamentos inicialmente designados para tratar pacientes com diabetes, mas que apresentaram muita diferença na evolução dos pacientes com insuficiência cardíaca e doença renal, também. Ou seja, apresentamos atualizações dos estudos sobre estes medicamentos, que já utilizamos em nossas unidades gerenciadas pela PB Saúde, e que também estão disponíveis para a população pelo Cedmex. A ciência da farmacologia avança e torna mais acessível o tratamento por meio de novos medicamentos, ou da descoberta de novos usos de medicamentos antigos para outros ramos da medicina”, contou.  

Para encerrar a programação, foi a vez da exposição de trabalhos científicos na modalidade banner, além da entrega de premiações e coffee break para os participantes do evento.  

Quem assistiu a todas as palestras e também teve um trabalho exposto em banner foi a estudante de Farmácia Ester Batista, que é aluna da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em Campina Grande.  “Esse fórum está sendo muito importante para nós, estudantes, porque não só estamos tendo acesso às pesquisas sobre a área de Farmácia Clínica, que é uma área nova, como também estamos podendo divulgar as nossas próprias pesquisas, o que está sendo estudado aqui no estado. Aproveitei demais as palestras e mesas redondas, e esse evento só mostra a força dessa área tão importante para o cuidado dos pacientes”, relatou.

Na avaliação do coordenador do Núcleo de Educação Permanente da PB Saúde, Yuri Martins, a segunda edição do Fórum de Farmácia Clínica da Fundação foi um sucesso, e só mostrou ainda mais o potencial da iniciativa. “Foi um dia repleto de conhecimento, e isso mostra a valorização que a PB Saúde dá a educação permanente em saúde, a atualização contínua dos profissionais, e o cuidado que temos com nossos colaboradores”, completou. 

Fonte – SECOM-PB