quarta-feira, 22 de maio de 2024
Política 1, setembro, 2023

Pedido mais frequente no Bairro dos Estados é de melhorias no Mercado

thumb

Durante a audiência do programa Câmara no Seu Bairro, o pedido de melhorias no Mercado Público do Bairro dos Estados foi a demanda mais cobrada. Na primeira rodada fizeram uso da palavra oito representantes da população.

O primeiro foi Lucas Caçula, morador do Bairro dos Estados. Ele reclamou e do corte de linhas e sujeira nos ônibus urbanos da capital paraibana.

Na sequência, Nildo Andrade, presidente da Associação dos Moradores de Mandacaru
pediu que os vereadores lutem pela reforma do bairro dos Estados. Em seguida, Jean Patrício, também do Bairro dos Estados, solicitou obras de calçamento que é é antigo e tem muitos buracos.

Por sua vez, Luiz Brilhante, representante do Bairro dos Estados afirmou que o Parque Ambiental Boi Só está sendo prejudicado porque Cagepa despeja detritos no rio. Ele ponderou que as praças precisam de manutenção e que o Cemitério Santa Catarina está abandonado à noite. Outra reclamação foi sobre o trânsito complicado na Avenida Acre.

Simone Gonçalves, moradora do Bairro dos Estados, reivindicou mais uma Unidade Básica de Saúde já que apenas uma, perto das Cinco Bocas, atende também a Mandacaru, Padre Zé, Ipês e comunidades próximas.

Romero Gomes da Cunha reclamou da ausência de secretários municipais e afirmou que o mercado público está sucateado. “Faz 50 anos que não tem uma reforma. Precisamos ter condições de estacionamento no mercado e em vias próximas. Nós, pequenos comerciantes, pagamos pelo uso do solo, mas os consumidores não querem mais ir ao mercado e os comerciantes não têm estrutura”.

Maurício Laurentino, de Mandacaru, reivindicou que haja quebra molas e faixa de pedestre perto da Igreja Assembleia de Deus e também nas ruas Celerina Paiva e Mascarenhas de Morais, além de um posto policial no mercado.

Finalizando o primeiro bloco, Dorivan Ramos, morador do Treze de Maio afirmou que a UBS deveria funcionar também à noite. Ele também solicitou que o tempo de fala no Câmara no Seu Bairro deve ser ampliado.

Fonte – SECOM-CMJP