Segunda, 10, Maio, 2021
Saúde 21, março, 2021

Prefeitura de João Pessoa vacinou 3.848 idosos com 69 anos ou mais neste sábado

thumb

A Prefeitura de João Pessoa vacinou, neste sábado (20), 3.856 pessoas contra a Covid-19. O público alvo foram idosos com 69 anos ou mais, que receberam a primeira dose do imunizante, e outros que junto a profissionais da saúde tomaram a segunda dose. A vacinação aconteceu em quatro locais, das 9h às 15h, e continuará neste domingo (21), quando será vacinada a população com 68 anos ou mais.

A primeira dose da vacina foi aplicada no ginásio do IFPB (em Jaguaribe), 933 vacinadas; e, no modelo drive thru, nos estacionamentos do Mangabeira Shopping, com 1.766 vacinas aplicadas; e do Santuário Mãe Rainha (no Aeroclube), 1.071 doses. Já a segunda dose da vacina para idosos e trabalhadores de saúde continua sendo aplicada no posto que funcionamento no Espaço Cultural, em Tambauzinho, tanto para pedestres quanto no modelo drive thru. Nesse local foram aplicadas 86 doses. O mesmo esquema de locais e horários permanece na vacinação deste domingo.

Durante a manhã, o prefeito Cícero Lucena e o vice-prefeito Leo Bezerra estiveram nos postos de vacinação, verificando de perto o andamento dos trabalhos de imunização. Os gestores estimam que somente nesse fim de semana, com atendimento da população 69+ e 68+, quase 10 mil pessoas sejam vacinadas.

Na ocasião, Cícero Lucena destacou que tem a responsabilidade de fazer o bem comum e estar focado nisso. “Estamos buscando também alternativas na rede particular. João Pessoa está na frente em termos de vacinação e de leitos de enfermarias e UTIs que, inclusive, vem aumentando. Porém, nós temos limite e precisamos da sua conscientização em se proteger e proteger às outras pessoas”, frisou.

O prefeito lembrou ainda da importância dos cuidados que cada pessoa teve ter em usar máscara e não fazer aglomeração. “Com esses itens, somado ao esforço da Prefeitura e do Governo do Estado no sentido de aumentar o número de vacinas e fazer com que sejam aplicadas de forma rápida, e tomando precauções, além de ampliar os números de testes e leitos, vamos enfrentar esse vírus de forma mais rápida e eficiente”, afirmou.

O vice-prefeito Leo Bezerra destacou que este sábado é mais um dia de esperança de sairmos dessa pandemia, que vem trazendo tristeza as famílias não só da nossa cidade, mas de todo o Brasil e o mundo. “A vacina é o melhor meio de sair dessa pandemia e pode ter certeza que a Prefeitura de João Pessoa não está medindo esforços para resolver esse problema. Tenho certeza que vamos conseguir”, ressaltou.

Imunizados – A aposentada Maria da Penha Dantas, de 69 anos, foi uma das pessoas vacinadas no posto montado no bairro do Aeroclube. “Eu cheguei cedo, 6h da manhã, porque estava bastante ansiosa. Graças a Deus deu certo e inclusive fui uma das primeiras. Agora, espero a segunda dose”, afirmou emocionada.

Vicente de Paula Queiroga, também de 69 anos, foi ao local de vacinação acompanhado pela esposa. Segundo ele, há dias estava na expectativa, chegando até a ter insônia. “Eu não estava conseguindo dormir. Agora, estou feliz!”, disse o idoso, afirmando que agora vai conseguir dormir mais tranquilo.

Apesar da ansiedade dos idosos em chegar cedo para garantir a vacinação, a Prefeitura de João Pessoa orienta a tomar cuidado com essa ansiedade, pois alguns idosos acabam deixando de tomar o café da manhã reforçado ou remédios de uso contínuo. Como forma de prevenção, em todos os pontos de vacinação espalhados pela Capital, a Prefeitura disponibilizada uma equipe de profissionais da Saúde para auxiliar aos idosos em caso de necessidade.

“A vacinação ocorreu de forma tranquila em todos os postos. Neste domingo, estamos esperando um quantitativo muito bom de idosos, aguardando mais pessoas do que hoje”, disse Aline Grisi, diretora de Vigilância em Saúde de João Pessoa.

Não esqueça – Para ter direito à vacina, é necessário apresentar um documento com foto e o comprovante de residência em João Pessoa. Os que vão tomar a segunda dose, também devem apresentar o cartão de vacina com a primeira dose. Já os trabalhadores de saúde devem portar declaração do local de trabalho, contracheque ou carteira do conselho profissional e a cópia do cartão de vacina com a primeira dose.

Fonte Secom-JP

Foto – Niaranjan do Ó