sábado, 22 de junho de 2024
Geral 12, setembro, 2023

Quase xarás, Ferroviária-SP e Ferroviário-CE decidem a Série D


Warning: Undefined variable $thumbnail_link in /home/boombr/public_html/wordpress/wp-content/themes/bnm2020/single.php on line 29

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou, nesta segunda-feira (11), os dias e horários dos jogos da final da Série D, entre Ferroviária-SP e Ferroviário-CE. A partida de ida será nesta quarta-feira (13), às 20h (horário de Brasília), na Arena da Fonte Luminosa, em Araraquara (SP). A de volta está marcada para sábado (16), às 16h, no Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza. Os duelos serão transmitidos ao vivo pela TV Brasil.

Os finalistas foram definidos no último domingo (10), em partidas também exibidas pela TV Brasil. A Ferroviária foi a primeira equipe a se classificar, ao derrotar o Athletic-MG no Independência, em Belo Horizonte, por 2 a 0. O time paulista já havia ganhado o jogo de ida, em Araraquara, na última quarta-feira (6), por 1 a 0.

A Locomotiva aumentou a vantagem no placar agregado aos 27 minutos do primeiro tempo, com Vítor Barreto. O atacante chutou, de primeira, dentro da área, a bola que veio da esquerda. Os paulistas ampliaram no começo do segundo tempo. Aos oito minutos, o goleiro Saulo cobrou falta desde a defesa. O centroavante Pilar fez o pivô e ajeitou para o também atacante Felipinho dominar e arrematar da intermediária, marcando outro golaço.

Aos 38 minutos, o Athletic descontou com Allan Dias. O atacante recebeu o lançamento do meia Carlos Eduardo, às costas da defesa, e tocou a bola na saída de Saulo. Os mineiros pressionaram, mas não conseguiram a reação.

Em seguida, o Ferroviário recebeu o Caxias em Fortaleza. Único time ainda invicto na Série D, o Tubarão da Barra venceu por 1 a 0. No duelo anterior, no Centenário, em Caxias do Sul, na quinta-feira passada (7), as equipes ficaram no 1 a 1.

A partida teve vários gols anulados no segundo tempo. O primeiro, aos sete minutos, seria de Ciel, do Ferroviário, mas o árbitro de vídeo (VAR) detectou toque de mão na jogada. Aos 15, o também atacante Vitor Feijão marcou para o Caxias, mas o lance foi invalidado por impedimento, novamente com participação do VAR. Nos acréscimos, o centroavante Eron, artilheiro da Série D, balançou as redes para o time gaúcho, mas adiantado em relação à zaga. A irregularidade, desta vez, foi assinalada em campo.

Quando o jogo caminhava para os pênaltis, Ciel aproveitou cruzamento do meia Thiaguinho pela esquerda e completou de cabeça para as redes. A arbitragem, a princípio, anulou o lance, mas o VAR observou que o jogador estava em posição legal e o gol foi validado. O atacante Abner, do Ferroviário, chegou a fazer o que seria o segundo dos anfitriões, mas o tento foi invalidado por impedimento. Após 24 minutos de acréscimos, o apito final fez a alegria da torcida cearense.

Fonte – Agência Brasil

Foto – LenilSon Santos/Ferroviário-CE