quinta-feira, 18 de agosto de 2022
Saúde 4, julho, 2022

Rede Municipal oferta vacina Meningocócica C para crianças até 10 anos e profissionais de saúde

thumb

Devido a baixa procura pelos imunizantes nos serviços de saúde e com o objetivo de ampliar a segurança e cobertura vacinal, o Ministério da Saúde (MS), recomendou aos municípios o uso temporário da vacina Meningocócica C (Conjugada) até fevereiro de 2023. A recomendação das vacinas é para crianças de 5 a 10 anos de idade não vacinadas. A indicação também é direcionada aos trabalhadores da saúde.

Atualmente a vacina da Meningite C faz parte do calendário de rotina de vacinação, com doses que devem ser administradas aos três e cinco meses e um reforço aos 12 meses, com idade máxima, anteriormente, para menores de cinco anos, e, assim, não perder a vacina. Agora, no entanto, este prazo foi estendido para crianças não vacinadas poderem se imunizar até os 10 anos de idade. Os adolescentes de 11 e 12 anos podem receber uma dose da vacina meningocócica ACWY.

Ainda de acordo com o comunicado, o objetivo da medida que está sendo adotada de forma temporária para ampliar a proteção deste público. “A vacinação é sem sombra de dúvida uma das melhores formas de prevenir doenças e esta medida visa proteger estes grupos e evitar possíveis surtos da doença causadas por este sorogrupo, considerando também a baixa procura por este imunizante nos serviços de saúde e levando a baixas coberturas vacinais nas crianças”, explicou Fernando Virgolino, chefe da Seção de Imunização da Prefeitura de João Pessoa.

Na oportunidade, os pais podem levar os filhos aos serviços e atualizar a caderneta de vacinação. “Pais e responsáveis devem manter a caderneta de vacinação das crianças e adolescentes atualizadas. Além de garantir a saúde da criança, o documento é necessário para ser apresentado no ato da matrícula escolar. Algumas vacinas só são administradas na adolescência. Outras precisam de reforço nessa faixa etária e, doses atrasadas também podem ser colocadas em dia”, completou Fernando Virgolino.

Adultos e crianças – É importante salientar que embora o maior número de vacinas esteja previsto para utilização na infância, existem algumas que devem ser utilizadas na vida adulta, cuja indicação vai depender da história vacinal do adulto (vacinas utilizadas na infância e adolescência), das doenças que o adulto teve durante sua vida, sua saúde e a situação epidemiológica local.

Na Rede Municipal de Saúde, as vacinas são disponíveis em todas as Unidades de Saúde da Família (USF), Policlínicas Municipais e Centro Municipal de Imunização (CMI), no horário de funcionamento de cada serviço.

Saiba quais vacinas fazem parte do no calendário nacional de vacinação:

BCG (Bacilo Calmette-Guerin) – (previne as formas graves de tuberculose, principalmente miliar e meníngea)

Hepatite B

Pentavalente (previne difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e meningite e infecções por HiB)

Vacina Inativada Poliomielite (VIP) (previne poliomielite ou paralisia infantil)

Vacina Oral Poliomielite (VOP) – (previne poliomielite ou paralisia infantil)

Pneumocócica 10 Valente – (previne pneumonia, otite, meningite e outras doenças causadas pelo Pneumococo)

dTpa (Tríplice bacteriana acelular do tipo adulto) – previne difteria, tétano e coqueluche

DTP (Difteria, tétano e coqueluche)

Rotavírus (previne diarreia por rotavírus)

Meningocócica C (previne as meningites do soro tipo C)

Febre Amarela – dose única (previne a febre amarela)

Tríplice viral (previne sarampo, caxumba e rubéola)

Pneumocócica 23 Valente (previne pneumonia, otite, meningite e outras doenças causadas pelo Pneumococo)

Influenza – (previne contra a gripe e suas complicações)

Hepatite A

Varicela atenuada (previne varicela/catapora)

HPV (previne o papiloma, vírus humano que causa cânceres e verrugas genitais)

Dupla Adulto (previne difteria e tétano)

Locais para vacinação:

Centro Municipal de Imunização (CMI) – Av. Rui Barbosa, Torre;
Horário: D
as 8h às 16h

– Unidades de Saúde da Família (USF);
Horário: Das 7h às 11 e das 8 às 16h

– Policlínicas Municipais de Saúde;

Horário: Das 8h às 16h

De segunda a sexta-feira, as pessoas poderão procurar a Unidade de Saúde da Família (USF) mais próxima de casa para se imunizar e atualizar o cartão de vacinação, no horário de funcionamento de cada serviço.

Fonte: SECOM/JP

Foto: SECOM/JP