segunda-feira, 15 de agosto de 2022
Geral 13, julho, 2022

SEIG apresenta política de riscos e implementação do Programa de Integridade ao Conselho de Governança do Município

thumb

Com o objetivo de assegurar que os responsáveis pela tomada de decisão do município, em todos os níveis, tenham acesso a informações suficientes quanto aos riscos aos quais está exposta a instituição, a Secretaria de Integridade, Governança e Prevenção à Corrupção (SEIG) apresentou, na manha desta quarta-feira (13), a Política de Riscos do Município, aliado ao Programa de Integridade.

O encontro aconteceu na sala de treinamento da Secretaria da Receita Municipal (Serem), no Centro Administrativo Municipal (CAM) e contou com as presenças do secretário de Finanças (Sefim), Bruno Sitônio, secretária executiva de Ciência e Tecnologia (Secitec), Danyele Raposo, o controlador-geral do município, Diego Fabrício, e o diretor administrativo financeiro da Secretaria de Educação e Cultura (Sedec), Fernando Bezerra.

Segundo o secretário de Integridade, Governança e Prevenção à Corrupção, Kléber Marques, o conselho de governança pública, risco e Compliance tem por finalidade assessorar o prefeito na condução da política de governança, através da gestão de riscos, promoção da integridade e combate à corrupção.

“A gestão de Cícero Lucena tem sido marcada por momentos muito importantes para o crescimento da cultura da integridade na Prefeitura de João Pessoa. Desde a criação da SEIG, não paramos de trabalhar em busca da conquista desse propósito, que trará grandes benefícios para toda prefeitura e, principalmente, para nossa população. Com a criação da política de riscos, entramos na parte prática, estilo mão na massa, da implantação do nosso Programa de Integridade, o Farol, que, além de pioneiro, não tenho dúvidas que servirá de modelo para muitos municípios no Brasil”, ressaltou.

Importância da análise de riscos – De acordo com o controlador-geral do município, Diego Fabrício, o trabalho executado pela SEIG é muito importante como garantia de desenvolvimento e apropriação das melhores práticas de governança, como forma contínua e progressiva de integridade.

“A reunião de hoje foi muito importante para sedimentação da Secretaria de Integridade e Governança, mais especificamente, da política de riscos. Com a implementação dessa política de análise de riscos, será possível para as diversas pastas do município promover contratações com mais eficiência. Poderemos analisar riscos inerentes a estas contratações, como risco jurídico, operacional, logístico e afins. Dessa forma, podemos entregar uma política mais eficiente e econômica para sociedade”, pontuou.

Política de prevenção – A secretária executiva de Ciência e Tecnologia de João Pessoa, Danyele Raposo, frisou que a Secitec é uma das primeiras secretarias a se alinhar com a política estratégica de integridade e governança da gestão.

“Nós vemos o programa de integridade como uma prioridade. É muito importante que a gestão implemente regras para minimizar os nossos riscos e gerenciar da melhor maneira a secretaria. Nós entendemos que dentro da estrutura de governo é de fundamental relevância que nós caminhemos lado a lado com uma política de integridade, para promovermos uma gestão eficiente e darmos respostas efetivas aos cidadãos”, finalizou.

Fonte: SECOM/JP

Foto: SECOM/JP