Segunda, 14, Junho, 2021
Saúde 10, maio, 2021

Serviço de telemedicina começa a ser oferecido na rede municipal de João Pessoa

thumb

Visando modernizar o serviço de saúde, a Prefeitura de João Pessoa começou a ofertar a telemedicina na rede municipal. Anunciado pelo prefeito Cícero Lucena no mês de abril, durante visita ao Instituto Cândida Vargas (ICV), o serviço está sendo realizado, neste primeiro momento, com o público-alvo da maternidade, que são mulheres gestantes ou em idade fértil.

Para ter acesso ao serviço de telemedicina, a paciente precisa procurar a Unidade de Saúde da Família (USF) de sua região. Ela contará com todo o suporte dos profissionais da USF, que a colocará em contato com a equipe do Cândida Vargas através de um consulta remota, feita pelo computador.

De acordo com a coordenadora do ambulatório do ICV, Viviane Meneghetti, as teleconsultas estão sendo oferecidas para as especialidades de acompanhamento de pré-natal de alto risco, cardiopediatria, nutrição para procedimentos e requisições especiais, cardiotocografia, eletrocardiografia, psiquiatria e serviços de enfermagem avançada.

“A agenda foi liberada para a Atenção Básica e disponibilizamos até quatro pacientes por dia. A nossa especialista abre a câmera e conversa com a paciente, que estará acompanhada pelo médico da USF. Às vezes, a usuária tem apenas uma dúvida na condução de um medicamento, e nem se enquadra no alto risco. Com a telemedicina, a gente evita um deslocamento da paciente até aqui”, explicou.

Viviane destacou a importância do serviço, sobretudo durante essa fase da pandemia de Covid-19. “Esse procedimento vai impedir que a paciente se desloque e evita aglomerações, algo importante neste momento em que vivemos de pandemia. A telemedicina está vindo com força e veio para ficar”, concluiu.

Fonte: SECOM/JP

Foto: SECOM/JP