sexta-feira, 1 de março de 2024
Saúde 2, dezembro, 2023

Técnicos do HCor visitam Hospital Regional de Picuí e fazem boa avaliação

thumb

O Hospital Regional de Picuí, unidade da rede hospitalar estadual, recebeu, na última semana, a visita dos consultores do Hospital do Coração (Hcor). A visita técnica faz parte do Projeto Qualificação Hospitalar, do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS), do qual a unidade participa com mais 29 hospitais da região Nordeste.

O primeiro compromisso dos consultores foi uma reunião com a equipe de melhoria do projeto na unidade. Em seguida, estiveram na Clínica Médica, onde o Projeto atua e tem apresentado bons resultados.

Segundo o diretor-geral da unidade, Edjarde Arcoverde, o objetivo geral do projeto é garantir o atendimento precoce por meio da identificação dos sinais de deterioração clínica do paciente, prevenindo paradas cardiorrespiratórias de pacientes que estão internados nas unidades piloto. “Para isso, é adotado um protocolo que se baseia na aferição dos sinais vitais em tempo ideal de monitorização para que o paciente possa avisar quando ele pode vir a ter uma parada cardiorrespiratória, já que os sinais são dados cerca de oito horas antes. Além disso, a iniciativa fortalece a segurança do paciente e eleva a percepção dos profissionais sobre a cultura de segurança”, explicou.

O projeto foi implantado na unidade em maio do ano passado, e encerra neste mês de dezembro, com previsão de continuidade em outros setores, com as devidas adaptações. A responsável técnica de Enfermagem, Hellen Morais, destacou que os resultados apresentados até agora indicam uma consistência muito boa em relação aos indicadores observados.

“A gente observou que do ano passado pra cá, nós tivemos uma diminuição considerável dos alertas de pacientes que iriam parar e consequente redução dos óbitos. Depois da implantação desse projeto, com a correta monitorização dos pacientes, conseguimos ter uma segurança maior, no sentido de prevenir a progressão dessas doenças e eventos adversos,” explicou.

Essa foi a terceira visita de monitoramento do projeto realizada pela equipe do HCor. A médica Marina Biella, consultora do Projeto, considera que os resultados apresentados indicam uma consistência muito boa em relação aos indicadores obtidos. “O hospital teve uma estabilidade no índice de paradas cardíacas. Uma adesão muito grande à ferramenta utilizada para controle dos pacientes, a escala News. Reforçamos que os objetivos foram plenamente atingidos e que recomendaremos o hospital para um próximo projeto do Ministério da Saúde”, observa.

O Hospital Regional de Picuí é referência de urgência, emergência e obstétrica para 12 municípios localizados na região do Seridó e Curimataú.

Fonte – SECOM-PB