Quinta, 30, Junho, 2022
Futebol 15, abril, 2022

TJDF-PB pune o Sousa que vai jogar sem torcida contra o Campinense

thumb

Para coibir cada vez mais a prática da violência nos estádios, o presidente do Tribunal de Justiça Desportiva de Futebol da Paraíba, Raoni Lacerda Vita, determinou que a próxima partida em que o Sousa for mandante no Campeonato Paraibano de 2022 (qual seja, no dia 20/04/2022) seja realizada com portões fechados, sem a presença de torcida.

A decisão do TJDF-PB está relacionada as cenas de violência que foram registradas na partida em que o Sousa venceu o Treze pelo Campeonato Paraibano. Analisando todo o contexto, bem como em estrita coerência com o decidido no Inquérito nº 01/2022, o prrsidente Raoni Lacerda Vita entendeu que os fatos são extremamente graves e preocupantes, merecendo urgentes medidas de repressão cautelar para que atos dessa natureza não se repitam.

“Diante disso, verifico que o Sousa Esporte Clube não demonstrou ter adotado as medidas que estavam ao seu alcance para contribuir com este inquérito ou mesmo para que tais fatos não se repitam, diante do que, determino cautelarmente, com base no art. 93 do CBJD, que a próxima partida em que ele for mandante no Campeonato Paraibano de 2022 (qual seja, no dia 20/04/2022) seja realizada com portões fechados, sem a presença de torcida, bem como – haja vista as cenas externas de violência ocorridas neste caso – que o Clube adote todas as medidas, contratando segurança privada suficiente e/ou em conjunto com a Polícia Militar, para que seja efetivado um cordão de isolamento efetivo num raio de 200 (duzentos) metros do Estádio Marizão, para que nenhum torcedor seja autorizado a ficar nas proximidades do mesmo desde duas horas antes da partida até duas horas depois da mesma”.