Terça, 18, Maio, 2021
Esportes 27, fevereiro, 2021

WLADMIR CÉSAR LIRA: a ordem é fortalecer a base do basquete

thumb

Fortalecer a base do basquete paraibano em todas as suas dimensões, e buscar parcerias para estimular a prática dessa modalidade na busca de novos talentos. Com essas propostas Wladmir César Lira assumiu a presidência da Federação Paraibana de Basquete (FPB), em eleição realizada com chapa única.

Wladmir Cesar Lira começou a jogar basquete com 13 anos e ao longo da sua carreira acumulou uma experiência significativa que deverá facilitar a sua administração nessa missão de soerguer e valorizar cada vez mais a modalidade, que precisa de incentivo em todas as categorias.

“Nesse primeiro momento é trabalhar o basquete de base. Temos que ensinar esses meninos a gostar e jogar basquete. O feminino também terá uma atenção especial, já que precisa viver um novo momento. Inclusive vamos colocar o adulto feminino em ação nessa nova gestão”, comentou.

Como está assumindo os destinos do basquete paraibano com uma diretoria comprometida com o crescimento da modalidade, Wladmir Cesar Lira está otimista para a temporada que está começando, mesmo com as dificuldades por conta da pandemia do coronavírus.

“Com certeza a pandemia dificulta muito o esporte, mas estamos trabalhando na formatação do nosso planejamento. Acredito que no segundo semestre vamos viver momentos importantes, com bons jogos e a volta dos nossos campeonatos. Por enquanto vamos apenas definir e planejar as nossas prioridades com toda a nossa diretoria que está empenhada nesse novo desafio”.

Totonho e Ricardo Prado são lembrados
Para o novo presidente da Federação Paraibana de Basquete, Wladmir Cesar Lira, o ex-presidente, Antônio Carlos Totonho Rodrigues dos Santos (in memorian) é um exemplo a ser seguido. “Totonho é uma figura ímpar no nosso basquete. É um exemplo a ser seguido pela sua dedicação e pelos seus projetos. Em vida trabalhou e muito pelo nosso basquete”, disse.

Wladmir Cesar Lira também revela a sua admiração por outro ex-presidente da FPB, Ricardo Prado (in memorian). “Ricardo Prado era um apaixonado pelo basquete. Jogamos, batemos pelada e conversamos muito. Foi uma pessoa correta e temos que seguir o seu exemplo. Gosto dele como se ele estivesse aqui conosco. Ele também se dedicou de corpo e alma a nossa federação”.

Projetos para buscar talentos nas escolas
Na sua gestão, Wladmir Cesar Lira, espera socializar o basquete buscando a nova geração nas escolas com projetos inteligentes, em parceria com órgãos públicos. “Nós vamos trabalhar sim, para socializar o basquete. Vamos para as escolas públicas e particulares. Já tive um contato com o secretário Kaio Márcio e já vamos lhe enviar um projeto para tornar essa nova proposta uma realidade. Queremos tirar a garotada das ruas através da prática do basquete”.

Na sua entrevista ao programa Telesporte, Wladmir Cesar Lira, também fez questão de destacar o trabalho realizado pelo ex-presidente, Eduardo Schafer. “Eduardo pegou e nossa federação num momento muito difícil, mas foi capaz de administrar bem, realizar grandes eventos, além de entregar a federação sem problemas. Temos que valorizar a sua passagem pela nossa entidade”.